quarta-feira, 9 de junho de 2010

Azeite de Moura premiado


Azeites portugueses arrecadaram este ano quatro dos prémios anuais Mário Solinas atribuídos pelo Conselho Oleícola Internacional, com sede em Espanha.
Mais de 75 produtos de oito países candidataram-se aos prémios, que reconhecem os melhores azeites virgem extra, classificados em função do valor médio do frutado.

Foram definidas por isso três categorias: verde intenso, verde médio e maduro, e analisadas questões como as sensações olfactivas e gustativas e a harmonia, complexidade e persistência dos azeites.

Em cada grupo foram escolhidos seis finalistas que foram posteriormente avaliados por um júri internacional.

Vítor Guedes SA, de Abrantes e Taifas-Industria e Comércio de Azeites (Ferreira do Alentejo) conseguiram primeiros prémios, respectivamente nas categorias de Verde Médio e de Maduro Frutoso.

A SAOV - Sociedade Agrícola Ouro Vegetal (Alferrarede, Abrantes) conseguiu um segundo lutar na categoria de Verde Médio e a Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos (Moura) um terceiro lugar na categoria de Maduro.

Dois outros azeites portugueses foram finalistas: Gallo Worldwide (Lisboa) na categoria Verde Médio e a Cooperativa de Olivicultores de Valpaços (Valpaços) na categoria Maduro.

Um total de 20 azeites portugueses apresentaram-se a concurso, na segunda maior representação nacional depois da espanhola (com 34 azeites).

Sem comentários:

Enviar um comentário