domingo, 26 de maio de 2013

A estupidificação da sociedade

Dezenas de comentadores políticos, conhecedores de tudo o que há para saber e dizer sobre a actualidade. Ministros, secretários de estado e deputados. Políticas educativas, culturais e de desenvolvimento económico. Investigadores, cientistas, licenciados, pós-graduados, mestres, doutores e pós-doutorados.

De que serve tudo isto, se ao domingo à noite as televisões dedicam várias horas de emissão a uma dúzia de malucos presos por vontade própria numa casa onde nem podem tomar banho de água fria enquanto outra dúzia de malucos debatem a angústia de mergulhar numa piscina de água quente?
                   

2 comentários:

  1. Boa noite
    Por acaso estava aqui a fazer serão e estava precisamente a pensar nisso. A TV nos seus 3 canais principais chega a ter em simultâneo vários "artistas" em direto. Ainda numa noite destas ao fazer um zaping descobri que num canal estava o Big Brother, noutro o presidente de um clube a comentar sei lá o quê e noutro o ministro das finanças a anunciar mais cortes. Fiquei deprimida e fui dormir.

    ResponderEliminar
  2. Valha-nos a TV por cabo... sim, porque a generalista, já nem vejo!!

    ResponderEliminar