domingo, 15 de outubro de 2017

Para conseguir seguir em frente

Diz o ditado que às vezes, é preciso dar um passo atrás para poder dar dois para a frente.

Não sei quando ou quantos passos poderei dar em frente.  Sei que agora preciso de dar vários passos atrás,  em vários quadrantes. Reduzir tudo ao essencial, repensar, reavaliar. Perceber o que posso, devo ou quero fazer. Escolher. Ser útil. Fazer sentido.

Recomeça...
Se puderes,
Sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro,
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcançares
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar
E vendo
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças.

[Miguel Torga, Diário XIII]


Sem comentários:

Enviar um comentário

24 anos a ser bibliotecária

24 anos depois do meu primeiro dia como Bibliotecária, seguimos em frente, com mais garra,  mais empenho, mais orgulho e o mesmo deslumbram...