quinta-feira, 4 de abril de 2013

E pronto, não se fala mais nisso!

Vejamos o que sucede a partir de agora. Fiquemos atentos ao percurso de mais este maravilhoso produto da classe política portuguesa. Ainda nos vai surpreender, oh se vai!




NB: Aproveito este pequenino e conciso post para chamar a atenção para a forma como se escreve "vejamos" e "fiquemos" e outras palavras terminadas em "mos". É sem tracinho, ok? Já que estamos a repor alguma ordem nas coisas, aproveitei a deixa. Obrigada e voltem sempre.
       

1 comentário:

Estrela da manhã

Numa qualquer manhã, um qualquer ser, vindo de qualquer pai, acorda e vai. Vai. Como se cumprisse um dever. Nas incógnitas mãos tran...