sexta-feira, 30 de outubro de 2015

E agora já temos Secretário de Estado


Nuno Vassalo e Silva, até agora Director Geral do Património Cultural é o novo Secretário de Estado da Cultura. É uma boa notícia, tenho a melhor impressão dele, destes dois anos em que nos fomos cruzando por aí. Desejo-lhe a melhor sorte e bom trabalho, caso tenha a oportunidade de o desempenhar. A conjuntura é difícil mas é preciso enfrentá-la.


quinta-feira, 29 de outubro de 2015

E levar a BPE no seu bolso? Parece-lhe bem?

Já pode aceder à Biblioteca Pública de Évora a partir do seu smartphone. Instale a aplicação a partir do endereço www.mylib.eu ou procure a aplicação A minha biblioteca no Google Play.

Bem-vindo à Biblioteca Pública de Évora!


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Dias 29 e 30 na Biblioteca Nacional de Portugal


Este Seminário Internacional, o quinto de uma série de seminários organizados pelo Consórcio CDU (Haia) de dois em dois anos, tem como objetivo explorar as questões da gestão de sistemas de classificação dentro e entre sistemas de informação, dando particular atenção às possibilidades de partilha e exploração de dados de autoridade de assuntos em rede, no ambiente de dados ligados (linked data).

As práticas e técnicas de dados ligados têm aberto novos horizontes à exploração de vocabulários controlados e reforçado as suas potencialidades na descoberta de recursos. Os vocabulários controlados por sistemas de autoridade, em que se incluem as classificações, ganham, assim, uma renovada perspetiva tanto a nível local como global.

O seminário destina-se a profissionais de informação em geral, com interesse primordial para especialistas e investigadores de classificação e indexação bem como estudantes interessados em sistemas de organização do conhecimento.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Habemus Ministra

E na véspera do primeiro dia, renasceu o Ministério da Cultura, associado a outras preocupações que ficam muito bem a uma senhora, como a Igualdade e a Cidadania.

Ao contrário de quase todos os meus amigos e colegas, não considero essencial a existência de um MC, embora reconheça que a participação no Conselho de Minsitros, o peso institucional associado e o estatuto de assunto-suficientemente-relevante-para-ir-a-ministério são uma mais valia.

A mim preocupa-me mais saber se há uma política cultural e que política é essa. Assim sendo, vou esperar para ver.


sábado, 24 de outubro de 2015

#somosbibliotecas

Em preparação há longos meses, arrancou no 12º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas a campanha de promoção das bibliotecas públicas, com o slogan Somos Bibliotecas. Públicas. Municipais. De todos.


Se me estão a ler, é muito elevada a probabilidade de já terem ouvido, ou lido, o que vou dizer a seguir, mas não me canso de repetir por ser a minha mais firme convicção.

A Biblioteca Pública é a mais democrática das instituições, a que melhor garante a igualdade de acesso à informação para todos os cidadãos, a que melhor assegura o direito à liberdade de expressão e de pensamento, contribuindo assim para valores tão essenciais como a defesa e consolidação dos direitos humanos.

Ao contrário da educação escolar (que a Constituição Portuguesa recomenda que seja tendencialmente gratuita) que tem registado um acréscimo de custos muitas vezes incomportável para as famílias, voltando a aprofundar o fosso entre os que podem e os que não podem ter acesso ao ensino, a Biblioteca Pública mantém os seus princípios de acesso democrático inalteráveis.

Só aqui, e só graças à acção e atitude dos bibliotecários que defendem a biblioteca e a sua missão, é possível utilizar livremente e de forma gratuita as fontes de informação imprescindíveis à formação de cidadãos livres, conscientes, capazes de produzir pensamento e de agir em conformidade com as suas convicções.

Ser bibliotecário é defender a liberdade, promover a cidadania, garantir o direito ao livre arbítrio. No entanto, embora todos mantenhamos a firme convicção que nos anima a lutar pelos direitos dos cidadãos que servimos, precisamos agora da ajuda da comunidade.

Se me está a ler, peço-lhe que subscreva a petição que se segue e que a divulgue junto dos seus amigos. Não se trata de uma posição corporativa nem pedimos benesses pessoais. Pedimos-lhe que nos ajude a divulgar o trabalho que fazemos na defesa do seu direito de acesso à informação e ao conhecimento, a formular opinião e poder expressá-la livremente.

Pedimos-lhe que nos ajude a defender o seu direito a ser livre.


Conheça o nosso trabalho aqui: http://www.somosbibliotecas.pt/
Subscreva a nossa petição aqui: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=somosbibliotecas
Ajude a tornar esta campanha visível. Publique fotografias suas a ler, a utilizar informação em qualquer suporte ou numa biblioteca no facebook com a hashtag #somosbibliotecas

Obrigada a todos.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Visita à BPE


A dar início ao Congresso BAD, no âmbito dos eventos pré-congresso e mediante inscrição, vai realizar-se uma visita técnica à Biblioteca Pública de Évora, no dia 20, pelas 10h30.

Além desta visita, está também disponível para todos os congressistas uma visita guiada aos espaços da BPE, no dia 21, às 21h00.


domingo, 18 de outubro de 2015

Novo Portal da Biblioteca Pública de Évora


A Biblioteca Pública de Évora convida-o/a para a apresentação pública do novo Portal de Acesso Online e da aplicação da BPE para smartphone, que decorrerá no dia 20 de Outubro, pelas 18h00, na Sala de Leitura Geral da Biblioteca.

Nesse dia entrará também em funcionamento o novo equipamento de auto-atendimento.

Contamos consigo!

Congresso BAD

O maior evento da minha área profissional está a chegar e é em Évora. Se nas últimas semanas os meus dias já tiveram 12, 13 e 14 horas de trabalho, daqui até sexta-feira vai ser ainda mais intenso, mas isso não interessa nada, porque este vai ser o melhor Congresso de sempre.

Caros colegas, bem-vindos a Évora!


Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...