segunda-feira, 30 de novembro de 2009

A minha primeira Assembleia

As Assembleias Municipais são, infelizmente, pouco participadas pelo público. 99,9 % da população não faz ideia do que lá é debatido, das resoluções tomadas ou das opções assumidas, todas elas decisivas para o rumo do nosso concelho.

Como sou estreante nestas andanças, vou procurar partilhar o trabalho desenvolvido em Assembleia. Acho que tenho o dever de prestar contas. Aqui fica o registo da primeira sessão (que por acaso é a segunda, uma vez que já reunimos aquando da tomada de posse), segundo a Ordem de Trabalhos:

1. Aprovação do Regimento da Assembleia Municipal
Foi proposta a constituição de um grupo de trabalho para preparação do documento. O grupo será constituído pela Mesa da Assembleia (José Gonçalo Valente, Isabel Migas e Céu Rato) e um elemento de cada força política com representação, a saber: Manuel Bravo (CDU), Amilcar Mourão (PSD) e António Ventinhas (PS).
2. Designação de um Presidente de Junta de Freguesia e seu substituto para representar as Juntas de Freguesia do Concelho na Associação Nacional de Municípios Portugueses

Foi aprovada com 15 votos a favor e 14 votos em branco a proposta A, e eleita como representante Helena Romana (JF Santo amador) e como substituta Ana Maria Caeiro (JF Safara).
3. Designação de um Presidente de Junta de Freguesia e seu substituto para representar as Juntas de Freguesia do Concelho na Assembleia Distrital de Beja
Foi aprovada com 15 votos a favor e 14 votos em branco a proposta A, e eleito como representante José Armelim (JF São João Baptista) e como substituto José Manuel Godinho (JF Santo Aleixo da Restauração).
4. Designação de um Presidente de Junta de Freguesia para representar a Assembleia Municipal no Conselho Cinegético Municipal
Foi aprovada com 15 votos a favor a proposta A, e eleito como representante  José Manuel Godinho (JF Santo Aleixo da Restauração). A proposta B (João Dinis, PS) obteve 11 votos e foram registados 3 votos em branco.
5. Designação de três Presidentes de Junta de Freguesia e sete cidadãos de reconhecida idoneidade para integrarem o Conselho Municipal de Segurança do Concelho de Moura
Foi aprovada por unanimidade a proposta da Mesa que compreendia:
  • a eleição de um representante de cada partido político com assento na Assembleia, a saber: José Armelim (JF São João Baptista), Rui Almeida (JF Póvoa de S. Miguel) e João Dinis (JF Sobral da Adiça).
  • a nomeação de sete cidadãos a saber: Joaquim Santos, Luiz António Ramos, Carlos Alhinho Bacalhau, Ana Benedita Caro, Edite Ramos, Francisco Alcantara e Manuel Ramalho.
6. Designação de um representante da Assembleia Municipal para a Comissão de Licenciamento Comercial

Foi aprovada com 15 votos a favor e 14 votos em branco, a proposta A, e eleita como representante Isabel Migas
7. Designação de representantes da Assembleia Municipal para o Grupo de Trabalho do Trânsito

A CDU propôs a nomeação de Orlando Fialho, e o PSD propôs a nomeação de João Guerreiro. O PS optou por não apresentar nenhuma proposta por se tratar de um Grupo de Trabalho e não de uma Comissão. A proposta contendo os dois nomes citados foi aprovada com 18 votos a favor e 11 abstenções.
8. Designação de representantes da Assembleia Municipal para a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens

Por proposta da Mesa, com o acordo de todos os membros da Assembleia foi proposta a designação do Presidente da Assembleia e de um representante de cada um dos partidos, a saber: Orlando Fialho pela CDU, Maria Fialho pelo PS e João Guerreiro pelo PSD. A proposta foi aprovada por unanimidade.
9. Designação de um representante da Assembleia Municipal para a Comissão Municipal de Assuntos Taurinos

Foi aprovada com 15 votos a favor e 14 votos em branco, a proposta A, e eleito como representante José Armelim.
Os pontos 10 e 11 da ordem de trabalhos não puderam ser discutidos por falta de documentos nos respectivos processos, pelo que serão discutidos em nova sessão da Assembleia, a realizar no dia 2 de Dezembro.

Acho que merece honras de post

Obrigada amiga Zélia.

Depois de uma busca incansável, e contra as previsões mais pessimistas, encontrei o meu Karkov.
Nada nesta vida se consegue sem uma boa dose de optimismo, sorte e muita persistência. Posso dizer que, as minhas gargalhadas voltaram...:)
Ver aqui.
Ana
Confesso-te que eu não tinha muitas esperanças. Ainda bem que tu és diferente. Fico muito, muito contente.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Tarte de Limão

1,5 pacote de bolacha maria (+ ou - 300 gr.)
150 gr de margarina
1 lata de leite condensado
1 limão
2 ovos
2 colh. sopa de açúcar

Esmagam-se as bolachas, junta-se a margarina derretida e mistura-se bem. Forra-se uma forma de tarte com esta mistura, pressionando bem. Vai ao congelador durante alguns minutos, o suficiente para a margarina solidificar.

Mistura-se o leite condensado com o sumo e a raspa de limão e, quando estiver bem misturado, juntam-se as gemas, batendo bem. Deita-se esta mistura por cima da base da tarte. Vai a forno médio durante 10 minutos.

Batem-se as claras em castelo, juntamente com o açúcar (eu deito um pouco mais de açucar, mas não quero que vocês abusem). Retira-se a tarte do lume, deita-se por cima o preparado das claras, deixando de preferência algumas formas irregulares, para ficar mais bonita. Vai alourar em forno médio, durante cerca de 5 minutos.

Como diziam os meus filhos quando eram pequeninos, é "beliciosa".
Bom fim-de-semana!

Para apimentar o fim-de-semana



“Vocês os três… façam um quadrado!”, frase de Jorge Jesus, é apenas uma das muitas citações que o jornalista João Pombeiro reuniu no livro “30 Anos de Mau Futebol”, que hoje chega às livrarias numa edição da Quetzal.
Notícia aqui.

Eu sei que devia estar caladinha, porque as perspectivas não são boas, mas afinal, e citando mais uma das frases desta obra, "jogar à defesa pode ser uma faca de dois legumes".

Independentemente do resultado, espero que vencedores e vencidos tenham um comportamento à Sporting: Digno. Durante esta semana, nem pudemos abrir a boca. Pus um post sobre o apuramento do Sporting, disseram-me logo que eu era pior que a "Évora". Mas se o resultado for desfavorável para o meu clube, nem quero pensar no que aí vem...

Estamos condenados?

População portuguesa estagnada, interior cada vez mais desertificado
No ano passado a população portuguesa praticamente estagnou, com um crescimento de 0,09%. Os dados do Instituto Nacional de Estatística divulgados nos Anuários Estatísticos Regionais mostram que essa evolução foi muito desigual e foi raro o concelho do interior que não perdeu população.

  Notícia completa aqui.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Metem-se em modernices, é o que dá.

Canadiana perde baixa depois da seguradora aceder ao Facebook


Uma canadiana que está sem trabalhar há ano e meio, perdeu o direito ao seguro de saúde depois da seguradora ter visto fotos suas no Facebook em que aparentava estar «muito divertida».

 
Casal infiltra-se em jantar na Casa Branca
A CIA está a investigar um casal que esteve num jantar na Casa Branca sem ter sido convidado.
Tara e Michaele Salahi foram vistos a chagar à Casa Branca e depois publicaram no Facebook o que parecem ser fotos deles no jantar na noite de terça-feira.



O novo logótipo do Big Brother

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Vamos lá a saber: Quando é que nos combinamos para pôr um travão nesta falta de respeito?

O governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, defendeu esta segunda-feira um aumento salarial para a Administração Pública inferior ao do sector privado, sendo que este último deverá ser de 1 a 1,5 por cento.
«Em geral, para a economia e, sobretudo, para a economia empresarial, os aumentos salariais reais deverão situar-se entre 1 a 1,5 por cento, correspondendo isto à inflação previsível», disse Vítor Constâncio, à margem do V Fórum Parlamentar Ibero-americano.
Já em relação a um aumento salarial para a Função Pública, o responsável admitiu que deverá ser «mais baixo do que para a actividade produtiva», uma decisão justificada pelo «défice orçamental muito elevado que a crise veio trazer».
Também o facto de, neste ano, ter havido «um aumento dos salários muito acima da inflação», irá estancar uma maior subida na Função Pública para 2010.
No entanto, Vítor Constâncio não quis precisar valores e, quando questionado pelos jornalistas sobre a possibilidade de congelamento dos salários, o governador do BdP respondeu: «depende das previsões orçamentais para o próximo ano».
Em relação ao défice, o responsável apontou um só caminho: aumentar os impostos já em 2011.
Retirado daqui.

Este senhor é o mesmo que recebe o 3º maior salário do mundo entre Governadores de Bancos nacionais, que esteve distraído enquanto os casos BPP e BPN tomaram as proporções que conhecemos, etc., etc.

Chamo só a atenção para um pormenor:
...um aumento salarial para a Função Pública, (...) admitiu que deverá ser «mais baixo do que para a actividade produtiva»
Ou seja, mais um a dizer que nós não produzimos nada. Deve certamente retirar as conclusões pelo desempenho dele, que por acaso, também é funcionário público.

É por causa desta gente que temos a fama que temos.

domingo, 22 de novembro de 2009

Sporting na Taça de Portugal



O Sporting venceu hoje o Pescadores da Caparica por 4-1, e continua na luta pela Taça de Portugal. Este post é para agradecer a todos os simpáticos e simpáticas que se apressaram a mandar-me mensagens de solidariedade no intervalo do jogo.

Ao contrário de outros clubes que, segundo a informação fidedigna e relevante de uma jornalista da TVI, "perderam o jogo de hoje e como tal, já não vão estar na final do Jamor" (ou seja, já não precisavam de jogar mais que a taça já era deles), o meu Sporting ainda vai defrontar mais equipas nas próximas eliminatórias, e eu cá estarei, deste lado, a torcer com tranquilidade.

Na próxima semana vai haver um derby entre o Sporting e outro clube lá da terra. Parece que nesse clube os jogos já estão ganhos antes de começar. Eu prefiro pensar que estão perdidos, se me enganar, a alegria é redobrada. É que, como dizia o célebre João Pinto, "prognósticos só no fim do jogo".

Nota: Cuidado com os comentários. Neste blogue não entram algumas palavras desagradáveis. Não é censura, é porque o blogue é meu, e portanto mando eu. Se os comentários trouxerem essa palavra em que estão a pensar, obviamente não serão publicados. Puxem pela imaginação.

Sucesso


É caso único em Portugal: há 13 anos que a Companhia Teatral do Chiado tem em cena o espectáculo 'As Obras Completas de Shakespeare em 97 Minutos'. O aniversário celebra-se amanhã com uma sessão especial, para convidados, no Teatro São Luiz, em Lisboa.

Eles vestem-se e despem-se, tiram e põem cabeleiras, entram e saem, debitam falas e até as dizem de trás para a frente. As Obras Completas de William Shakespeare em 97 Minutos é um espectáculo em ritmo acelerado e é mesmo assim que tem de ser porque são 36 obras e o cronómetro não pára. No final, não se sabe quem está mais cansado: se os actores em corrupio, trocando de fato ao mesmo tempo que trocam de personagem e mudam o tom de voz, se os espectadores agarrados à barriga de tanto rir.
Notícia completa aqui.

Já estiveram duas vezes em Moura, integrados na Feira do Livro, em 2001 ou 2002 e este ano, em 2009, com outra peça.

Uma delícia

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Um concelho melhor

Para ver e  ponderar sobre as seguintes questões:
  1. Estará o nosso concelho parado no tempo desde 1997?
  2. Será o nosso concelho que tem de imitar os concelhos vizinhos?
  3. Pelo facto de ser uma autarquia liderada por executivos da CDU estaremos condenados a viver de costas voltadas para o progresso, para a cooperação e para o desenvolvimento?
  4. Será urgente a mudança de rumo para o nosso concelho? Será sequer conveniente?
Nota: Em baixo incluí uma tradução simples do que é dito em inglês, para quem tiver alguma dificuldade em perceber a reportagem.



Moura é um município do distrito de Beja, região do Baixo Alentejo. O município está dividido em 8 freguesias.

A luta contra o desemprego e as dificuldades económicas que daí advêm fazem de Moura um exemplo a seguir. A fraqueza foi transformada em força, devido em grande parte ao trabalho incansável do seu Presidente de Câmara, José Maria Pós-de-Mina, recentemente considerado Autarca do Futuro pela revista norte-americana One World. O compromisso com os direitos humanos, a igualdade de acesso aos recursos económicos e naturais e a promoção de condições de vida sustentáveis, são algumas das justificações para a atribuição do prémio.

Numa localidade onde a radiação solar é extraordinariamente alta, foi construída a maior central fotovoltaica do mundo, pelo que a subscrição do Pacto dos Autarcas aconteceu naturalmente.



De forma a reduzir a taxa de desemprego, foi construída na freguesia de Amareleja a maior central fotovoltaica do mundo, com capacidade de armazenamento de 46 mw. Produz 93mkw por ano, mais do que o suficiente para 30 mil famílias, e reduzindo em 90 mil toneladas por ano a produção de CO2.

A central demorou 13 meses a construir e ocupa uma área de 250 há. Tem 262080 painéis fotovoltaicos e 2520 seguidores.

Embora esta central, agora sob a responsabilidade da empresa espanhola Acciona, seja a menina dos olhos de José Maria Pós-de-Mina, não é o único projecto de energia em Moura.



Mas há mais:



Dois dos municípios portugueses que assinaram o Pacto dos Autarcas são da região do Alentejo. Além de Moura, também Ferreira do Alentejo integrou o grupo dos municípios que se empenharam em atingir os objectivos estabelecidos pela União Europeia.

Moura detém a maior central solar fotovoltaica do mundo e Ferreira do Alentejo detém a segunda maior central. Produz aproximadamente 21.3 Gwh de electricidade por ano, um pouco mais do que aquilo que o município consome por ano.

Susana Sobral, directora de ARECBA, está muito satisfeita pelo facto de estes dois municípios terem assinado o Pacto dos Autarcas.



Mas o âmbito de acção da ARECBA não se limita a Moura ou Ferreira do Alentejo. A agência, que foi criada há 11 anos, é responsável por uma área correspondente a 1/3 do território continental português, incluindo os concelhos de Beja e Évora e a costa alentejana. Os 32 concelhos abrangidos pela ARECBA beneficiaram de variados projectos, dos quais se destaca o Plano de Gestão Integrada da Energia.



Isto é muito importante para uma região como o Alentejo. O Presidente da Câmara de Moura concorda e conclui:




Saúde? - Parte II

Parece que não sou a única a desconfiar.



Esta senhora era Ministra da Saúde na Finlândia.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Definitivamente, há coisas que é melhor não saber.

Depois de ver em vários blogues, referências a um tal "Élvio Santiago", lá fiz uma pesquisa e descobri quem era a..."pessoa" e o que fazia.
Desculpem, mas eu estou abismada. Por muito que sejamos avisados todos os dias para a falta de cultura, para a iliteracia, para o culto da mediocridade, da idiotice, da asneirada, da imbecilidade, eu não estava preparada para isto. Não estava. E olhem que eu já ouvi aquela do "pai da criança"...

Recuso-me a colocar aqui o vídeo. Fica o link, caso queiram descobrir até que ponto fomos capazes de descer:
http://www.youtube.com/watch?v=WODf__TK3ME

Carreira? Fãs?
Colectânea com dois (vejam bem, dois) temas?

Não tenho Hi5, mas gostava de bloquear a minha memória a esta recordação. Vou ali bater com a cabeça na parede e já volto.

Saúde?

Há um novo caso de uma mulher que perdeu o bebé e já tinha sido vacinada contra a gripe A. A jovem de 27 anos estava grávida de 20 semanas e recebeu a vacina no início do mês. Ontem, deu entrada no Hospital de Santo André, em Leiria, onde foi confirmada a morte do feto. Até ontem, os dois casos conhecidos de morte fetal depois das mães terem sido vacinadas contra a gripe A eram os únicos registados a nível europeu de que a Agência Europeia do Medicamento (EMEA) tinha conhecimento.
in Diário de Notícias

Tenho uma certa tendência infeliz para formar ideias pré-concebidas acerca dos assuntos. O assunto da Gripe A causou-me sempre algum desconforto, não pelo receio de vir a ser contagiada com a doença, mas porque desde o início me pareceu ser exagerado e alarmista.

Acabei por conhecer, inevitavelmente, pessoas que já haviam sido infectadas e diziam ser uma gripe normal, nalguns casos até mais leve do que as gripes habituais. Fiquei ainda mais desconfortável.

Entretanto, o festival à volta da gripe aumentava. Desinfectantes e soluções alcoólicas, máscaras, vacinas, uma verdadeira panóplia de bens "essenciais" que trouxeram uma nova vida às empresas que os produziam.

As mortes associadas à gripe A eram, como foi sempre noticiado, motivadas por outras patologias que reduziam ou inibiam as defesas do organismo, retirando aos indivíduos afectados a capacidade de resistência à doença. Ou seja, o mesmo que acontece com a gripe normal.

E agora, mais este factor: Bebés perfeitamente saudáveis, no ambiente mais protegido que se conhece em todo o universo, que é a barriga da mãe, perdem a vida após a vacina.

Desculpem, posso estar a ser muito estúpida, teimosa e preconceituosa, mas continuo a achar que isto não passa de um gigantesco embuste.


ADENDA POSTERIOR:

Temos na Biblioteca vários livros da colecção A saúde do Diogo. A editora apressou-se e lançou, em Setembro, um novo título: O Diogo tem gripe. Como não podia deixar de ser, tem uma chamada de atenção na capa para uma "edição especial" (e única, não há mais nenhuma) com informação sobre a gripe A.

A isto chama-se sentido de oportunidade. Ou oportunismo.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Tipo, estava distraída!

Facto:
Desemprego atinge máximo histórico das últimas décadas: 548 000.
in Público
Reacção:
Perante o anúncio de que Portugal enfrenta os mais graves números do desemprego dos últimos 23 anos, a nova ministra do Trabalho demonstrou-se 'surpreendida' pois 'não esperava que fossem tão elevados'
in Diário Digital

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Homenagem

Entrei para a Universidade no ano lectivo de 1989-90. Foi o ano mais curto de sempre, porque graças às trapalhadas da PGA e outras modernices, o ano só começou a 15 de Janeiro de 1990.

Como não simpatizava muito com as praxes, decidi baldar-me logo ao início e só fui às aulas na tarde do dia 17 de Janeiro.

Era uma aula de duas horas de uma cadeira chamada Teoria das Fontes e Problemáticas do Saber Histórico. A professora chamava-se Teresa Amado e só assisti a duas aulas, porque no segundo dia, estava a tirar uma dúvida com uma colega sobre uma recensão crítica e a senhora chamou-me a atenção, dizendo que o Jardim de Infância não era ali. Entre as palavras e o tom de voz, decidi arrumar as minhas coisas e sair.

O que guardo de bom dessa primeira aula, é o facto de ter conhecido nesse dia os meus colegas da universidade.

Hoje só quero falar da Jacinta, de Aveiro. Tranquila e um pouco triste, era mais ouvinte do que interveniente. Naqueles dias mais complicados, em que o trabalho apertava e começávamos a descarregar uns nos outros, a Jacinta ria-se e dizia. "Estamos todos doidos".

Tinha uma atenção especial com cada um de nós. Perguntava-me sempre "Estás bem? Precisas de alguma coisa?", porque eu só ia 2 dias por semana às aulas e precisava de pedir fotocópias aos meus colegas.

Depois da Queima, só a vi 2 vezes. Ela vivia em Évora, mas somos todos tão atarefados, temos todos vidas tão importantes, que não somos capazes de nos reunir e passar uns bons bocados com os amigos. E agora já é tarde de mais.

A Jacinta morreu no Domingo.

Belos tempos

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Bem-vinda

O Sobral da Adiça tem mais uma habitante e a Biblioteca tem mais um bebé. A Maria Inês, filha da nossa colega Vera, nasceu hoje de manhã. Parabéns à família.

Como eu já sei que vai ser uma grande sportinguista, aqui lhe deixo uma prendinha:

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Frango de fricassé

1 frango cortado em bocados pequenos
Azeite e manteiga
Alho
Sal e pimenta
Vinho branco
1 gema de ovo
Sumo de limão
Coentros

Põe-se um pouco de azeite e de manteiga numa frigideira. Deita-se o alho picado muito fininho. Junta-se o frango cortado em bocados, tempera-se de sal e pimenta e deixa-se fritar mexendo de vez em quando. Convém estar tapado, para não deixar evaporar o caldo da carne.

Quando estiver frito, deita-se um pouco de vinho branco, apenas se o frango estiver seco.

Bate-se muito bem a gema, e mistura-se com sumo de limão. Para a gema não talhar quando se vai juntar ao frango, é conveniente retirar uma ou duas colheres do molho que se formou na frigideira e misturá-la com a gema cá fora.

Deita-se em seguida este preparado sobre o frango, em lume não muito forte. Mexe-se sempre até ter a consistência cremosa.

Antes de servir, espalham-se alguns coentros muito picadinhos sobre o frango.

Bom fim de semana!

Pedido de ajuda

A minha amiga Ana Farinho anda muito triste e nós sentimos a falta das suas belas gargalhadas. Tudo isto porque o seu gato de estimação desapareceu.

Peço a vossa ajuda. Obrigada.
O Karkov fugiu de casa, pela manhã, aproveitando um portão que se encontrava aberto. Como não está esterilizado, suponho que terá sido esse o motivo da fuga. Não está habituado à rua. Em casa é um gato muito dócil que adora festas e colo, mas também muito desconfiado com pessoas e situações estranhas. Na rua não sei qual a sua reacção perante pessoas e ambientes que não conhece. Talvez se aproxime de pessoas/casas quando estiver com muita fome ou sede. É branco, com olhos azuis, tem as orelhas e a cauda cinzentas tigradas e uma pequena mancha cinzenta no dorso. Se o vir ou souber de alguma informação sobre o seu paradeiro, por favor, contacte o número abaixo.
965266614 / ana_maria11166@hotmail.com




E hoje é o dia...

... em que me tornei funcionária efectiva do quadro da Câmara Municipal de Moura. Foi há 18 anos, com a categoria de Técnica Auxiliar de Turismo. Desde 1987 (sim, comecei com apenas 17 anos) que trabalhava, mas apenas com contratos a termo certo e programas ocupacionais.

Agora já não sou efectiva, sou uma coisa qualquer, que aparece sempre só com as iniciais, para nem termos consciência do que nos aconteceu...

É assim, a mim dá-me para isto, aos da Câmara de Portimão deu-lhes para cantar...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

O dia em que o mundo finalmente olhou para Timor

A programada visita de uma delegação parlamentar portuguesa a Timor-Leste fora cancelada. Aproveitando a presença de jornalistas estrangeiros no território, os jovens timorenses manifestaram-se nas ruas de Dili, rumando ao Cemitério de Santa Cruz para prestar homenagem a Sebastião Gomes,  assassinado alguns dias antes pelas forças indonésias.

Os militares indonésios abriram fogo sobre os manifestantes causando centenas de mortos, feridos e desaparecidos. As imagens, captadas por Max Stahl e Steve Cox, percorreram o mundo e levaram a comunidade internacional a tomar posição contra a ocupação de Timor-Leste.

O referendo pela independência só aconteceria em 1999, e o novo País nasceu a 20 de Maio de 2002. 
"Todos deveríamos compreender que a Libertação da Pátria é apenas a metade do objectivo da independência. Porque, depois da independência, a Libertação do Povo constitui a outra metade do objectivo da independência." - (Xanana Gusmão, 1999).

Dili enche-se de velas acesas na noite de 12 de Novembro

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Quarenta, já?

O sol nasceu
Como está
Lindo o céu
Lá vou eu, vem tu daí também
Aprender como se vai até à Rua Sésamo

Vem brincar
Traz um amigo teu
E ao chegar tu vais poder também
Ensinar como se vai até à Rua Sésamo
Até à Rua Sésamo




Foram uns belos companheiros para os meus filhos...
Cada vez que íamos à pediatra, lá saltava aquela história do "Francisco vai à médica", só que na minha casa, a médica do Francisco chamava-se Dra. Cristina (claro!) e a enfermeira era a Rosa. A cada dia que passa tenho mais saudades...

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Paz

Hoje, um amigo deixou-nos. Oxalá tenha encontrado a paz que procurava.

Já, imediatamente

A conferência de imprensa do porta-voz do governo da então Alemanha Oriental (RDA), no horário nobre da televisão, foi o despoletar dos acontecimentos. Günter Schabowski, acabara de anunciar a nova legislação sobre viagens do país. Devido a um mal-entendido, respondeu à pergunta de um jornalista italiano, a respeito do momento em que a lei entraria em vigor, com uma frase que se tornou famosa: "Pelo que sei, ela entra... já, imediatamente".

Como se de uma senha secreta se tratasse, milhares de alemães das “duas Alemanhas” saíram das suas casas. O peso das pessoas literalmente derrubou, a 9 de Novembro de 1989, o Muro de Berlim, também conhecido como o "muro da vergonha", principal símbolo da guerra fria, que durante 28 anos marcou a ferro e fogo a vida dos berlinenses.

O muro, construído em Agosto de 1961, foi a materialização da famosa imagem descrita por Winston Churchill quando, no final da década de 40, declarou que "uma cortina de ferro' tinha caído sobre o leste da Europa.

A queda do muro pôs fim a um longo êxodo de alemães orientais, que recorrendo aos métodos mais diversificados, simples ou sofisticados, haviam tentado durante 28 anos cruzar o muro por cima ou por baixo: 239 pessoas morreram nessa tentativa e 4.000 conseguiram chegar ao lado ocidental.

Naquela noite, há vinte anos atrás, estava a jantar em casa de umas pessoas conhecidas. Não conseguia afastar os olhos da televisão e só conseguia pensar que estava a assistir à História a acontecer. O Muro de Berlim estava a cair e eu estava a assistir em directo.

Lembro-me de pensar que um dia poderia dizer aos meus filhos que vira tudo aquilo acontecer: a coragem de Mikhail Gorbachov e a sua capacidade de renovar o socialismo integrando a evolução que o mundo havia sofrido desde o início do século, a queda de ditadores que se serviram de uma ideologia para seu proveito próprio, contrariando tudo o que essa mesma ideologia defendia e preconizava, e por fim, aquela noite extraordinária. A queda do muro e a reunificação da Alemanha, da Europa, da humanidade.

Não estive lá, mas vivi aqueles dias a rebentar de orgulho por viver numa sociedade, numa época que conseguia resolver os seus assuntos pela via do diálogo, da tolerância e da paz.

Infelizmente, estava enganada.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Hoje


Obrigada a todos.

Peixe preferido do Pedro

Postas de salmão
sal
alho
azeite
oregãos
vinho branco

Se houver tempo para isso, temperam-se as postas de salmão com alho e sal. Se não houver, espalha-se alho picado e sal num tabuleiro, colocam-se as postas de salmão por cima e volta a espalhar-se mais um pouco de alho e sal.

Rega-se com um fio de azeite, espalham-se os oregãos por cima e vai ao forno. Quando estiver quase pronto (o que é rápido), rega-se com um pouco de vinho branco.

O acompanhamento fica ao critério de cada um. Eu costumo acompanhar com puré. Bom apetite.

És o elo mais fraco. Adeus.

"Paulo Bento demite-se."
Que pena! Uma das coisas de que me orgulhava mais no Sporting era o facto de não se deixar levar por birras. Sei que a situação era demasiado problemática, mas gostava muito que tivesse havido coragem para manter uma pessoa digna, frontal e verdadeira como o Paulo Bento a treinar a equipa de futebol do meu Sporting.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Um dia normal

Hoje poderia ter sido um dia decisivo, uma reviravolta na minha vida. Mas afinal, foi só um dia normal. Fantástico!

domingo, 1 de novembro de 2009

Serviço SMS

- Mãe, recebi uma mensagem do Sporting.
- Ah sim? E então?
- Ganhou.
- Ganhou?
- Sim, ganhou outro empate.

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...