Mensagens

A mostrar mensagens de 2013

2014

Imagem
Embora 2013 tenha sido um ano problemático e sem esperança, a nível pessoal terminou de uma forma incrível. A todos os meus amigos e à minha família, desejo que todos os dias de 2014 sejam iguais ao que o final de 2013 me trouxe: a realizar sonhos, a encarar novos desafios, a vencer dificuldades (são elas que dão sabor à vida).

Não deixem nunca de lutar, encarem a vida de frente, sejam inteiros em tudo o que fazem. Cultivem a amizade, defendam os vossos valores, sejam corajosos.

Sejam muito felizes. Obrigada por tudo!

Sobre a Biblioteca Municipal de Beja e a Paula Santos

Imagem
Faço minhas as palavras da Cristina Taquelim, que podem ler aqui. Se há um plano maior, confesso já que não o percebo. Aliás, não compreendo nada do que se passou, mas seja lá o que for, não concordo.

Restart

Ontem foi o dia zero. Primeira experiência na Biblioteca Nacional como funcionária da casa. Se o futuro começa aqui e agora, começa muito bem.

Assembleia Municipal de Moura - 27 Dezembro de 2013

(Continuação da sessão do dia 20 de Dezembro de 2013)


Foi apresentada uma proposta de moção manifestando o apoio à decisão tomada pela Assembleia de freguesia de Amareleja.
O eleito José Maria Pós-de-Mina questionou sobre qual a entidade pública visada pela moção, ao que foi respondido ser a Câmara Municipal.
A eleita Zélia Parreira pediu que fosse especificada a moção à qual se referia a moção agora apresentada, uma vez que esta não era identificada.
O eleito Joaquim Carrilho referiu ter entendido, pela discussão na reunião anterior, que a Assembleia não tinha competência para decidir sobre este tema.
Aprovada a admissão do documento por unanimidade, este passou a ser o ponto 9. da Ordem de Trabalhos.
O Presidente da freguesia de Amareleja acusou a CDU de não querer discutir nada do que se fazia na Amareleja e de tentar “impingir” um pavilhão multiusos que em sua opinião, não tem nenhum interesse para a Amareleja. Proferiu ainda várias acusações e comentários que me abstenho de reproduzir.

Obsessões

35 000 mil Bimbys foram vendidas em Portugal, só em 2012. O assunto já é tema de notícia no New York Times, que descreve o robot de cozinha que custa duas vezes o salário mínimo nacional, como "uma obsessão no país mais pobre da Europa Ocidental".


A primeira semana

Imagem
Quase sem darmos por por isso, já vivemos em Évora há uma semana.


(fotografia retirada daqui)

O calendário diz que é Natal

A todos os amigos, familiares, colegas e conhecidos, os meus votos de Boas Festas. Que a vida vos sorria!

Assembleia Municipal de Moura - 20 Dezembro 2013

No âmbito da iniciativa "Câmara Aberta", a sessão da Assembleia Municipal teve lugar no Centro Cultural de Santo Amador.


Período antes da Ordem do Dia
Foi iniciada a sessão com a informação Prestada pelo Senhor Presidente da Assembleia Municipal sobre a actividade nos últimos meses. Apresentou também as felicitações ao eleito José Maria Pós-de-Mina pela sua eleição para o Conselho Fiscal da Associação Nacional de Municípios e o Senhor Presidente da Câmara pela sua eleição para Presidente da Assembleia Distrital de Beja.
A eleita Helena Romana, enquanto santo-amadorense, deu as boas-vindas à Assembleia Municipal.
O Presidente da União de Freguesias de Moura (S. João Baptista e Santo Agostinho) e Santo Amador congratulou-se com a realização da Assembleia em Santo Amador e revelou ter descoberto com muito agrado a afabilidade da população de Santo Amador.
O eleito João Socorro questionou a Câmara sobre a questão das construções ilegais e sobre a situação de encerramento do parque in…

Rede Municipal de Bibliotecas de Lisboa

Imagem
Estou desiludida, envergonhada com este país. Corre a notícia da intenção da Câmara de Lisboa em transferir a gestão de oito bibliotecas municipais para sete freguesias da cidade, no âmbito da reforma administrativa.

Andamos sempre a ouvir falar em trabalho em rede e rentabilização de recursos e depois há quem faça isto. Ora, como se sabe, não é certamente motivada pelo facto de os cofres das freguesias estarem tão cheios de dinheiro que lhes sobra para comprarem livros (sim, não se iludam, os livros estão no fim das listas de prioridades). Como tal, só nos resta deduzir que a intenção aqui é a de diminuir a importância do papel desempenhado pelas bibliotecas públicas no seio da comunidade, relegando-as para os órgãos de menor dimensão na estrutura administrativa nacional e que não têm capacidade financeira para assegurar o seu funcionamento, manutenção e muito menos, o seu crescimento e afirmação. A seguir a isto, ainda vamos assistir a bibliotecas entregues a paróquias e dependente…

Nós somos o 12º jogador!

Imagem

Em mudanças, 2

Imagem
Documentação da pós-graduação, documentação do mestrado, documentação de acções de formação, documentação da assembleia municipal e da assembleia da CIMBAL, documentação das associações a que pertenci, o jogo de monopólio que o meu filho trouxe para passar o tempo nas muitas horas da feira do livro. Fotografias, agendas, cadernos de anotações, uma bandeira que trouxe da Alvalade, a caneca do café, o pote do açúcar amarelo. 19 anos, 3 meses e 10 dias.

Em mudanças, 1

A encaixotar as minhas coisas na Biblioteca.

Encontro recibos de vencimento de 2002 e 2003. O meu ordenado líquido era superior ao que tenho hoje. Em Outubro  de 2003 recebi aproximadamente mais 185 euros do que em Novembro de 2013.

Nelson Mandela

Imagem
Será possível que alguém, um ser humano aparentemente normal e inofensivo, consiga reunir o pleno da aprovação mundial, ser respeitado e admirado por todas as pessoas no mundo inteiro? A resposta é não. Havia um ser humano assim, mas deixou-nos ontem à noite.

Obrigada por tudo.



Nota: Eu sei, parece que o Aníbal não gostava dele. Não sei se o Aníbal entra na categoria das "pessoas no mundo inteiro"...

Na Minha Biblioteca!

Imagem

É já amanhã!

Imagem

Em modo de despedida

Hoje fiz a primeira de muitas despedidas que certamente se seguirão até final do mês. À semelhança do que vem acontecendo nos últimos anos, foi hoje assinado o protocolo de colaboração entre o Município de Moura e a APPACDM para a integração de utentes na vida activa. A Biblioteca de Moura tem na sua equipa dois utentes, de quem eu era tutora. Era, porque hoje deixei de ser. Tal como toda a responsabilidade de coordenação da Biblioteca Municipal Urbano Tavares Rodrigues, também esta tarefa passa para o meu colega e amigo José António Oliveira.

Sei que a Biblioteca fica bem entregue. Além do Zé, há uma equipa jovem, dinâmica, empenhada, muitíssimo responsável que vai levar esta Biblioteca para a frente. Esta é a oportunidade de provarem o que lhes digo há tantos anos: São pessoas competentes e aptas, são as pessoas certas, pelo enorme amor que já lhe têm, para fazerem crescer esta Biblioteca. Os meus olhos já estavam cansados, acomodados. Precisavam de um desafio novo com a mesma urgên…

Quem é o primeiro agora?

Imagem

Também há actividade aqui mais perto

Imagem

Seria um fim de semana perfeito

Imagem
Seria...!

Bibliotecas Públicas

Imagem
É a mais democrática de todas as instituições. Aberta a todos, acessível a todos, sem distinção de raça, credo ou condição social. Disponível para os que podem pagar e para os que não o podem fazer. Trabalha incansavelmente, hora após hora, dia após dia, ano após ano, para garantir que todos, sem excepção, têm acesso à informação, ao conhecimento e à cultura.

Não é um depósito de informação, é um ponto de partida. Não é o lugar do silêncio, é o lugar das respostas. Não é um sítio reservado às elites, é um espaço para todos. Não é um produto massificado, é um serviço que vai de encontro às necessidades e expectativas de cada utilizador. Não é um luxo, é uma necessidade.

Em defesa das Bibliotecas Públicas, assine esta petição de Apoio à Declaração Escrita 0016/2013 sobre o impacto das bibliotecas públicas às comunidades da Europaendereçada aos Eurodeputados Portugueses e passe a palavra aos seus contactos.


É mais de Leoa, mas pronto. Foi o melhor que se arranjou.

"You held me down, but I got up
Already brushing off the dust
You hear my voice, your hear that sound
Like thunder, gonna shake your ground
You held me down, but I got up
Get ready cause I’ve had enough

I see it all, I see it now
I got the eye of the tiger, the fighter, dancing through the fire
Cause I am a champion and you’re gonna hear me ROAR
Louder, louder than a lion
Cause I am a champion and you’re gonna hear me ROAR

Oh oh oh oh oh oh
You’re gonna hear me roar
Now I’m floating like a butterfly
Stinging like a bee I earned my stripes
I went from zero, to my own hero"

Sobre a manhã de hoje e muitas manhãs, tarde e noites que já passaram.

Património mundial

Imagem
Programa de actividades e outras informações aqui.

Haja Teatro!

Imagem

Daqui a pouco...

Imagem

Guardei um amigo que é coisa que vale milhões

Ano novo, vida nova

Imagem
A Biblioteca Pública de Évora foi fundada em 1805 pelo Arcebispo Frei Manuel do Cenáculo, um clérigo poderoso, generoso e culto, uma das figuras de maior relevo do Iluminismo Português.  Presentemente, a BPE orgulha-se de ser uma das mais antigas e mais ricas bibliotecas de Portugal, o que é inquestionável no que diz respeito às suas colecções. Elas são hoje o resultado de um conjunto de circunstâncias que juntaram numa cidade, numa instituição e num espólio unificado uma grande riqueza de documentos raros, muitos deles únicos. O espólio da BPE inclui 664 incunábulos e 6 445 livros impressos do século XVI, para além de vários núcleos de documentos manuscritos, de cartografia, música impressa e mais de 20 000 títulos de publicações periódicas.  A BPE é desde 1931 beneficiária do Depósito Legal, o que tem contribuído para a sua riqueza e abrangência em termos de bibliografia corrente, ascendendo as suas colecções a mais de 612 mil volumes. A BPE atrai muitos investigadores da Universid…

É o que está na ordem do dia :)

Este é o dia que há tanto tempo esperava.

"Isto não é o fim. Não é sequer o princípio do fim. Mas é, talvez, o fim do princípio."

Winston Churchill
Ou talvez, depois de tanto tempo a lutar para chegar à superfície, o dia em que posso finalmente, erguer-me e caminhar. Agradeço a todos os amigos, especialmente aos que me acompanham mais de perto, os tais do "grupo". Agradeço aos meus colegas da biblioteca, os "meus meninos", e ao meu Professor e colegas de doutoramento. A todos devo muito do que hoje consegui.

Agradeço à minha família e sobretudo, acima de tudo, agradeço aos meus filhos, por todos os dias da vida que temos juntos. Todos os gestos, todas as palavras, todas as lutas, todos os momentos são por vocês e para vocês. Nada valeria a pena sem vocês.

A ganhar ou a perder, Sporting até morrer!

A pedido de várias famílias, que dizem que eu só falo quando o Sporting ganha (neste blogue há várias provas do contrário), aqui fica a frase que publiquei no mural do Facebook mal o jogo terminou e que diz tudo o que tenho a dizer sobre este assunto:
"Parabéns ao meu Sporting, superaram todas as minhas expectativas e encheram-me mais uma vez de orgulho." Relembro também o que disse aqui a 18 de Agosto. Não altero uma virgula.


O Homem que costumava ser o Presidente da Câmara

Perto de 400 pessoas, dos mais variados quadrantes profissionais e políticos estiveram presentes no reconhecimento ao cidadão José Maria Prazeres Pós-de-Mina pelo trabalho desenvolvido enquanto autarca em prol do concelho de Moura e na defesa das suas populações.

Agradeço a quem esteve presente e ajudou a tornar a noite numa memória especial e emotiva. Agradeço também aos que nunca souberam apreciar e valorizar o trabalho feito nestes 16 anos, por não terem estado presentes. A festa correu muito melhor sem vocês.

Em nome da Comissão Organizadora, agradeço ao "Ideal Alentejano" pela actuação, à equipa da Associação de Mulheres do Concelho de Moura, aos alunos da Escola Profissional pelo serviço e a todas as entidades que fizeram questão de participar na organização desta festa.

Por fim, agradeço ao Dr. Pós-de-Mina pelo empenho, dedicação e competência que colocou ao serviço do meu concelho. Obrigada!

Assembleia Municipal - 07 Nov. 2013

Sessão extraordinária nº 1

Tratando-se de uma sessão extraordinária, não houve período de discussão antes da ordem do dia. Participaram apenas os elementos eleitos directamente por sufrágio, sem a participação dos presidentes de junta.

Ponto único - Eleição de representantes da Assembleia Municipal de Moura na Assembleia Intermunicipal da CIMBAL

Proposta A: Foram propostos pelo PS os eleitos Francisco Cerejo, João Gomes, João Socorro e Rui Apolinário. Como suplentes Francisco Semião, Maria Batista, Joaquim Batista e Paula Ramos.

Proposta B: Foram propostos pela CDU os eleitos Gabriel Ramos, Zélia Parreira, Joaquim Carrilho e José António Oliveira. Como suplentes: Isabel Migas, Manuel Bravo, Francisco Farinho, Helena Romana.

Não foi apresentada proposta pelo PSD.

A proposta A recebeu 10 votos, a proposta B recebeu 9 votos e houve 2 votos em branco. Foram designados os eleitos Francisco Cerejo, Gabriel Ramos, João Gomes e Zélia Parreira. Como suplentes foram designados os membros seguint…

Não há limites para a imbecilidade, parte II

Depois disto  a intelectual Margarida Rebelo Pinto deixou sair mais umas pérolas daquela cabecinha onde só vivem dois neurónios, que pelos vistos não se falam. É tudo bastante deprimente, mas piora a partir do minuto 07:00.


Que povo é este?

A Comissão Europeia acaba de publicar um Relatório sobre o Acesso e Participação em Actividades Culturais. A situação de Portugal no ranking europeu é a que se esperava: Negra.

Das actividades culturais listadas, a percentagem de portugueses que não participaram em nada ao longo dos últimos 12 meses é a seguinte:

Ballet, Dança ou Ópera: 92% Teatro: 87% Bibliotecas públicas: 85% Museus ou galerias: 83% Concertos de música: 81% Monumentos históricos: 73% Cinema: 71% Ler um livro: 60%
Sem cultura, sem identidade, sem diversão, sem lazer. Ignorantes e mansos, não vá alguém estar a ouvir-nos.

Foi um bom dia

Imagem
A Biblioteca Municipal Urbano Tavares Rodrigues colocou hoje em funcionamento mais uma mini-biblioteca na Unidade de Cuidados Continuados da Fundação S. Barnabé, destinada aos utentes e funcionários daquela unidade de prestação de cuidados de saúde.

A partir daqui, o fundo documental será regularmente revisto e renovado e as actividades de promoção da leitura vão iniciar-se já no próximo dia 11 de Novembro, com a comemoração do dia de S. Martinho, numa colaboração entre a equipa da Unidade e a equipa da Biblioteca.

Porque hoje criámos condições para que a leitura possa acontecer, foi sem dúvida um bom dia.

On a clear day you can see forever

Quem passa pela Barragem de Alqueva depara com uma frase em letras garrafais, porém já cheias de ferrugem, mal disfarçadas por uma rede que o vento já se encarregou de rasgar.

A frase é nada mais nada menos que "On a clear day you can see forever", título de uma música que integra o musical On a clear day, de 1970, adaptado em Portugal com o nome Melinda.

Depois de se ouvir a música e conhecer a letra, percebe-se a intenção. Ainda assim, pergunto-me se será a escolha mais acertada. Quantos, dos que visitam a barragem ou por lá passam a caminho de casa, conhecem a origem da expressão? Assim, descontextualizada, seria mesmo a melhor forma de dar as boas vindas a quem visita o Grande Lago?




On a clear day, rise and look around you
And you'll see who just prove you are

On a clear day, how it will astound you
That a glow of your being, outshines every star

You'll feel part of
Ev'ry mountain, sea, and shore
You can hear from far and near
A world you've never heard before

And…