quinta-feira, 11 de abril de 2019

Da estupidez humana

 https://i.pinimg.com/originals/30/1b/65/301b6537078f9d52ab621a9a52955453.png



Em Barcelona, uma escola decidiu retirar o Capuchinho Vermelho e a Bela Adormecida do catálogo de obras infantis, por serem "sexistas".

É triste que a intolerância do politicamente correcto arrase tudo e ignore a evolução das mentalidades,  dos costumes,  do que têm sido o Bem e o Mal ao longo dos tempos. Para que a evolução aconteça, é preciso que haja consciência do que está mal, do que precisa ser corrigido. Corrigido,  não apagado. Apagar o que nos incomoda é o primeiro passo para que tudo se repita outra vez.

Na Biblioteca Pública de Évora continua a estar disponível. Temos várias versões e exemplares. A liberdade de expressão e de pensamento são valores fundamentais e demasiado preciosos para serem postos em causa desta forma. Ninguém obriga ninguém a ler estas obras, mas, no que depender de mim,  jamais permitirei que a sua leitura seja proibida.

 

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Alfaces do LIDL

https://2.bp.blogspot.com/-p8lcZCdZLeE/WDhj5MqqxTI/AAAAAAAACWo/2fK58S3UTo84WWeig6Z8Lj2wjOKwWgLCgCEw/s1600/15132146_1262742147131011_6632749099365957632_n.jpg




Quem terá tido a brilhante ideia de colocar headphones com ligação interna nas operadoras de caixa do LIDL? Sugiro a esse génio da gestão que vá fazer compras a uma loja qualquer, não identificado, e fique ali, a ouvir a coscuvilhice do quotidiano do supermercado, enquanto é atendido como se fosse transparente.

É muito desconfortável estar em frente a uma pessoa que não pára de falar enquanto está a olhar para nós. Melhor: enquanto está a olhar através de nós, como se fossemos "coisas" que é preciso despachar. E quando mete risinhos e comentários irónicos, então... dá nervos. Se nos abstraímos da conversa, que é o que eu tento fazer, corremos o risco de fazer figura de parvos quando nos dirigem efectivamente a palavra, entalada entre dois comentários sobre o funcionamento interno do supermercado.

Um dia destes, fui ao LIDL de outra localidade. A senhora da caixa estava tão entusiasmada a falar sobre um episódio que tinha ocorrido na véspera no supermercado, que parava de passar produtos para gesticular de acordo com a sua indignação. E a fila ali, a crescer a olhos vistos à sua frente. Como não vivo lá, tudo aquilo ficou no patamar do abstracto. Se lá vivesse e conhecesse as pessoas que foram enxovalhadas perante uma audiência sempre crescente, seria bastante constrangedor quando as encontrasse na rua. Vergonha alheia, sabem o que é?

A sério, acharam mesmo que isto era boa ideia? Não é. Já nem me apetece lá ir e tenho pena, porque gosto muito dos produtos. E dos preços.

terça-feira, 2 de abril de 2019

Pedro, 21

Eu continuo a achar que ele precisa que eu tome conta dele, que ele me devia informar quando vai sair, onde vai e a que horas chega, se já comeu e se tem roupa lavada, mas eis que dou por ele a ser o Mister a quem o Sporting e os Pais confiam os seus atletas e filhos.

Muito orgulhosa de ti. Parabéns Filho!

(Mas continua a avisar aquelas coisas que combinámos, 'tá?)



segunda-feira, 1 de abril de 2019

Feira do Livro de Moura

Quando ela vem ter contigo, onde quer que estejas.

Obs: Gostava  mais dos sacos de papel, alem de serem muuuuito melhores para o ambiente. 

sábado, 30 de março de 2019

Agridoce

Foram  cinco anos de luta, persistência e determinação inabalável,  sobretudo da Directora  da Biblioteca Nacional de Portugal, que se empenhou pessoalmente na realização do projecto e na difícil obtenção das verbas necessárias para que a carta finalmente chegasse a Garcia.
Após o arranjo exterior,  a Biblioteca Pública de Évora fechou hoje as portas e vai manter-se em serviços mínimos para a reabilitação do interior do edifício que a alberga desde a sua fundação,  há 214 anos.
Sei que deveria estar feliz, mas há esta angústia que me assola. Fechar serviços,  ainda que temporariamente e por uma boa causa, é muito difícil. Mas venho de coração derretido com esta oferta de uma leitora, para atenuar a minha tristeza. É ou não é a melhor Biblioteca do mundo?

Da estupidez humana

  Em Barcelona, uma escola decidiu retirar o Capuchinho Vermelho e a Bela Adormecida do catálogo de obras infantis, por serem &qu...