Mensagens

Para conseguir seguir em frente

Diz o ditado que às vezes, é preciso dar um passo atrás para poder dar dois para a frente.

Não sei quando ou quantos passos poderei dar em frente.  Sei que agora preciso de dar vários passos atrás,  em vários quadrantes. Reduzir tudo ao essencial, repensar, reavaliar. Perceber o que posso, devo ou quero fazer. Escolher. Ser útil. Fazer sentido.

Recomeça...
Se puderes,
Sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro,
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcançares
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar
E vendo
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças.

[Miguel Torga, Diário XIII]


A mente que se abre a uma nova ideia, jamais volta ao seu tamanho original *

Imagem

A compor-se

Imagem
Como as peças de um puzzle,  tudo vai tomando o seu lugar.  Faltam 7 dias.

Cultura para todos. Ou talvez não.

Imagem
O Orçamento Participativo Portugal premiou hoje os 38 projectos que obtiveram maior votação. Entre eles está o projecto Cultura para todos, que contempla 3 medidas com um orçamento de 200.000 euros para um tempo de concretização de 18 meses.

Medida 1: Criação de um programa que incentive a doação de livros em boas condições por parte de pessoas singulares a bibliotecas públicas. Os doadores em troca e por incentivo recebem um vale para a compra de um livro numa livraria. Assim, é incentivada a leitura e compra de livros, bem como a doação de obras às bibliotecas.

Medida 2: Oferta de um cheque cultura a todos os jovens que completassem 18 anos que lhes permita o acesso gratuito a museus e espaços culturais durante um ano. Esta medida é complementada com vales de compra de livros em parceria com as associações locais.

Medida 3. Criação de uma uma base de dados online e gratuita onde reúna livros em suporte digital, em braille e em suporte audio adaptada para cidadãos portadores de defi…

Oh Captain, my captain

Quantas vezes, em resposta ao desafio do Botas "Adrien...", gritei e tornei a gritar "Silva!", cachecóis levantados ao alto, celebrando golos decisivos. Todos sabíamos que queria outros voos, mas o número 23 nunca deixou de ser um dos mais aplaudidos a entrar ou a sair de campo, porque todos os desejos são legítimos e o que conta é o que fica em campo.
Obrigada, Capitão. Muita sorte!

Fartura de amor

Imagem
As letras já mal se percebem, mas há anos que este amor está declarado ali, quase a chegar a Montemor-o-Novo. "Amo-te há farta", com erro ortográfico e tudo. Ah, valente!

Corzinha de verão

Imagem
Vêm todos bronzeados, a corzinha a denotar o que já lá vai. Dizem que as férias foram boas, curtas, assim-assim. E eu ando confusa, incrédula perante os dias que teimam em ficar mais curtos, perante as resistências em regressar ao trabalho.

O cansaço já mal me deixa pensar, mas tenho a certeza absoluta de que o verão ainda está no início, que os dias longos ainda estão para chegar e que daqui a um mês ainda vou a tempo de seguir o conselho que um leitor me deu há uns dias: "A senhora directora está a precisar de ir à praia". Vá-se lá saber porquê...