segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Ainda somos humanos, ou somos apenas máquinas de calcular?

Depois da moda (horrível) de cada um pagar o seu consumo nas festas de aniversário, e ninguém dar prendas a nínguém, eis que surge um novo paradigma de convites para festas: os pagamentos por falta de comparência, com ameaças de processo jurídico e tudo.

No Reino Unido, os pais de um menino de 5 anos receberam uma factura no valor de 15,95 libras, envida pela mãe de um amiguinho da escola, por ter faltado à sua festa de anos. Que amorosa!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Estrela da manhã

Numa qualquer manhã, um qualquer ser, vindo de qualquer pai, acorda e vai. Vai. Como se cumprisse um dever. Nas incógnitas mãos tran...