quarta-feira, 15 de maio de 2013

Querem ver que vivo no estrangeiro?


Hoje é o Dia do Euromelanoma (?? Não devia ser o dia europeu do melanoma?) Para assinalar a data e despertar consciências, a Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo promove a realização de rastreios gratuitos em todo o país. Considerando que há menos de 48 horas paguei 10 euros e trinta cêntimos no centro de saúde para que o médico me dissesse que tenho de consultar um dermatologista por causa de um sinal que tenho, fui procurar pelos locais de rastreio

Em todo o país afinal significa do Tejo para cima com uma excepção em Almada e outra em Faro. Nada a menos de 200 km de distância. A sorte é que eu sou funcionária pública, tenho um daqueles salários astronómicos que estão congelados desde 2001 e que começaram a encolher a partir de 2011, e como tal, já marquei consulta no sistema privado. É que isto da saúde pública é cada vez mais uma miragem, e já dizia o Mário Lino, isto aqui não passa de um deserto.

Mais informações sobre o assunto aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Estrela da manhã

Numa qualquer manhã, um qualquer ser, vindo de qualquer pai, acorda e vai. Vai. Como se cumprisse um dever. Nas incógnitas mãos tran...