Respostas



Explico-lhes que se uma publicação apresentar a data referente a um calendário não gregoriano, devem registá-la, seguida da data correspondente num calendário gregoriano. Não reagem, mas percebe-se que alguns não fazem ideia do que estou a falar. Falo-lhes no calendário muçulmano. Nunca ouviram falar. Fazemos uma pausa e "googlamos" o assunto. Vejo a luz que se acende nas suas caras quando compreendem, por exemplo, as referências feitas ao Ramadão nos noticiários.

Duas ideias em que fiquei a pensar:
1. A curiosidade sempre foi o melhor motor da aprendizagem.
2. Ser bibliotecária é isto. Tem uma pergunta? Nós arranjamos a resposta.


Comentários