Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2014

Pérolas

Imagem
Caminhavam à minha frente. Ele vinha de chinelos e mãos nos bolsos dos calções, ela trazia o braço esquerdo enfiado no braço dele e com a mão direita segurava a menina. Ele olhou para cima e disse com o ar de enfado que caracteriza quem é muito mais esperto do que os outros todos:

- Estes gajos estão a fazer obras e não substituem as madeiras das janelas.

Ela ainda ergueu o queixo, mas o assunto não lhe interessava, pelo que nem se dignou responder. Ao lado, a menina deu uns saltinhos e disse:

- Eu já vim a esta biblioteca, com o ATL!

Ninguém reagiu. A criança repetiu:

- Eu já vim a esta biblioteca, com o ATL!

Nada. Mais uma tentativa:

- Olha, olha! Eu já vim a esta biblioteca com o ATL!

A mãe finalmente abriu a boca e ditou a sentença:

- Deves ter vindo sozinha! Com isto da internet, quem é que quer ir à Biblioteca? Deve estar vazia.

Escusado será dizer que lhe respondi. Está de facto vazia de gente ignorante e que não quer aprender.

Crónica dos dias que passam na BPE #2

Imagem
Ao segundo dia, a sala que estava cheia de livros ficou cheia de ecos. Do outro lado, o imenso mar cresceu até não caber mais. Primeira fase concluída, cerca de 27 mil livros retirados das prateleiras e arrumados ordenadamente no chão. Os pedidos que entretanto nos chegaram através dos pólos testaram o sistema e comprovaram o que eu estou sempre a dizer: só os bibliotecários conseguem dar ordem ao caos.




Seguiu-se a segunda fase: Transferência dos serviços técnicos para o piso térreo, permitindo a libertação do espaço que ocupavam no primeiro andar e que assim, pode ser acrescentado ao serviço de empréstimo domiciliário. 
Esta operação exigiu a criação de uma nova sala de tratamento técnico documental que ocupou o espaço anteriormente destinado à digitalização, também ela "deslocalizada". 
Ao final do segundo dia, tudo corre como previsto. Amanhã continuamos.



Crónica dos dias que passam na BPE #1

Imagem
No primeiro dia foi assim. Livros retirados das estantes e metodicamente organizados num outro espaço para que possam ser encontrados caso alguém precise deles. 8 horas de trabalho, quase 20 mil livros mudaram temporariamente de localização.