1 de Setembro

21 anos a ser bibliotecária.
21 anos da coisa mais extraordinária que fiz na vida a seguir aos meus filhos.
21 anos de missão e de luta, a defender a liberdade de expressão e de escolha, a garantir o acesso democrático ao saber e à cultura.
21 anos a estabelecer pontes, a promover encontros, a ligar pessoas, livros, informação, conhecimento.
21 anos de privilégio a ter a melhor profissão do mundo, a que permite a todos e cada um que se encontre, se supere, se reinvente cada dia pelo contacto com outras realidades, outras vivências, outros mundos.
21 anos a ser feliz todos os dias, porque todos os dias são passados na biblioteca.

Comentários