terça-feira, 8 de abril de 2014

O sítio mais feliz de Portugal



Enquanto espero, vejo-os chegar. Percorrem o corredor com o nervoso miudinho de quem chega ao local onde é esperado. Do outro lado, alguém se manifesta. Sorriso rasgado, vê chegar aquele que espera. Encontram-se neste ponto. Abraços, beijos, afectos tomam o lugar da saudade que apertava o peito ainda há bocadinho. Ali só há reencontro e alegria.

É só um bocadinho de chão, simples, sem pretensões. Fica no terminal de chegadas do aeroporto de Lisboa e é bem capaz de ser o sítio mais feliz de Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Estrela da manhã

Numa qualquer manhã, um qualquer ser, vindo de qualquer pai, acorda e vai. Vai. Como se cumprisse um dever. Nas incógnitas mãos tran...