Sem limites

Quando pensamos que a Humanidade já não nos pode desiludir, aparece o caso infeliz daqueles seis neurónios que vivem isolados nos cérebros de seis seres com aspecto humano que acham piada humilhar outro ser humano.

E depois disto, quando lamentamos a nossa incapacidade para educar a geração que se segue, quando percebemos a forma como, por acção ou inacção, contribuímos para uma cultura de violência e desprezo pelo próximo, de valorização da aparência em vez da essência, da supremacia dos esquemas e da desonestidade em detrimento do mérito e do trabalho, surge isto. Eu, que tenho dificuldade em calar-me, fico sem palavras para descrever até que ponto a natureza humana é capaz de descer. "Presença no Pingo Doce"????


Comentários