Feira de Setembro: Balanço

Terminada a feira, aqui ficam algumas notas:

1. Tasquinha da Associação de Trabalhadores

Infelizmente, a nossa participação foi ignorada pela grande maioria dos nossos colegas e em especial, pelos nossos associados. Só tenho dois comentários a fazer: Em primeiro lugar, mais perderam, porque a comidinha estava muito boa. Em segundo lugar, talvez fosse interessante a partir de agora pedirem apoio às Comissões de Festas das freguesias, ou aos clubes de motards, ou às delegações dos clubes desportivos, já que preferiram contribuir com tanto afinco para a obtenção de receitas.

E agora que já desabafei, quero agradecer, e sei que o faço em nome de toda a Direcção da Associação, a todos os colegas que ajudaram, quer contribuindo com algumas horas de trabalho, quer confeccionando refeições para venda na tasquinha. Muito obrigada, sem a vossa ajuda não teria sido possível.

2. Tasquinha do Núcleo Sportinguista de Moura

Por uma décima, ficámos em segundo lugar. Tudo bem, nós sabemos ganhar e perder, e temos consciência da qualidade dos nossos petiscos, atestada pela enormíssima procura. Mas se outros tivessem perdido por uma décima, nem quero pensar no terramoto que estaríamos a viver agora...

E o nosso Sporting ganhou, com mais um golo do Levezinho, por isso, tudo bem por este lado.

3. A ASAE

Com muita polémica à mistura, lá tivemos a visita dos senhores inspectores da ASAE. Em relação à visita propriamente dita, nada a comentar. Em relação à polémica, porque é que as pessoas insistem em dar nas vistas e criar problemas e situações desagradáveis? Ainda não perceberam que nada de bom pode vir de sementes tão ruins?

4. A Feira correu bem, a chuva soube esperar pelo último dia, as pessoas gostaram dos espectáculos. Eu por acaso senti um bocadinho de pena daqueles miúdos de sexta-feira à noite, que gritavam tanto, deviam estar cheios de dores ou coisa do género, mas depois explicaram-me que eu é que estou a ficar velha.

Para o ano há mais.

Comentários