O comando é nosso

Andam as redes sociais cheias de protestos veementes à postura (e até à existência) de Judite de Sousa. Peço desculpa por ser contra a corrente, mas porque é que vêem os telejornais que ela apresenta? Um ou dois dias (vá lá, três, no máximo) sem audiências e ela desaparece da nossa televisão como se nunca tivesse existido. Já pensaram nisso? Muito mais eficaz do que alimentar polémicas que só lhe dão importância.
 

Comentários