Adeus Sarkozy

A França acaba de escolher um low profile para presidente. Contra todas as expectativas geradas pela exposição mediática, pela intervenção (excessiva) na condução da Europa, pelos saltinhos ao lado de Angela Merkel, Sarkozy transforma-se no primeiro presidente que se recandidata e não consegue a reeleição.

Os tacões altos, a esposa modelo e a promoção nos meios de comunicação social não conseguiram iludir os franceses. Sarkozy quis reencarnar o Rei Sol, mas esqueceu-se que a França é mais do que Versailles. É também a Bastilha e a pátria da "Liberdade, Igualdade e Fraternidade".

Comentários