segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Que farei com este Sporting?

Nada, na verdade. Esperar que a tormenta passe, na certeza da minha fé inabalável.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...