12

Aqui está ela outra vez. A noite de 3 para 4 de Julho. Ainda não é este ano que vou dormir, já sei. A tristeza imensa já cá está e o medo avassalador está a chegar com o anoitecer. 12 anos depois, ainda é a pior noite do ano. Revivo tudo hora a hora, enquanto espero que o sol me traga o recomeço.
 

Comentários