sábado, 5 de outubro de 2013

Hoje

Hoje é aquele dia absolutamente igual a todos os outros do calendário, que antigamente era feriado, cujo centenário nos custou rios de dinheiro a celebrar, para afinal se concluir que não tinha importância nenhuma.

Graças à poupança gerada com a eliminação de um feriado que neste ano calhava a um sábado e no próximo ano a um domingo, e que no ano seguinte vai muito provavelmente voltar a ser feriado, Portugal vai recuperar toda a produtividade perdida, ultrapassar todas as metas do défice e voltar a ser uma economia de sucesso. Aleluia!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...