Qualquer dia não me deixam lá entrar



Em pleno ano internacional da biodiversidade os supermercados Pingo Doce/Feira Nova, do grupo Jerónimo Martins, continuam a manter as suas políticas insustentáveis de selecção de produtos de pesca para venda e a ocupar o último lugar no Ranking de Supermercados da Greenpeace.



Enquanto outros retalhistas, como o Lidl e a Sonae, têm vindo a implementar medidas mais responsáveis em relação ao pescado que vendem, o grupo Jerónimo Martins mantém uma postura de desresponsabilização e escuda-se com a legislação ou desconhecimento da situação ameaçada dos Oceanos. A atitude adoptada por este grupo relativamente ao pescado não se coaduna com a imagem que procura passar quando vende alguns outros produtos e representa algumas marcas no país em prol da responsabilidade ambiental e social.

A Greenpeace arrancou com a campanha "Pingo Doce Esgota os Oceanos de Janeiro a Janeiro" na semana passada quando activistas bloquearam a entrada do Pingo Doce do Cais do Sodré. A campanha continua com a participação de todos os cidadãos na sua divulgação e assinatura de uma Petição a entregar numa das 350 lojas espalhadas pelo país. Deste modo pretende-se pressionar o Grupo Jerónimo Martins a assumir o compromisso de rever as suas políticas de venda de pescado, a ter um papel mais activo na preservação dos recursos marinhos do planeta e defender os interesses dos seus clientes em ter peixe no futuro.

Retirado daqui.

Até o Belmiro cumpre as regras... A minha sobrinha Mafalda bem me tinha dito para ir comprar o peixe ao Intermarché.

Comentários

  1. ... ora aqui está uma grande pantomineirice desta malta da greenpeace Portugal ... por acaso já alguém viu algum estudo ou dados que comprovem que o Pingo Doce tem uma atitude predadora??? já viram números ??? já viram se as quantidades de pescado não cumprem a legislação quer em termos de dimensão quer em termos de quantidades ??? ... alguns destes artistas eram dos tais que diziam que Alqueva nunca encheria e seria o maior desastre ambiental do país ... alguém é também capaz de negar que possa haver interesse de outros grupos económicos nesta propaganda contra o Pingo Doce??? ... não embarquemos em histeria ou carneiradas quando não temos dados suficientes para avaliar as coisas ...

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar

Enviar um comentário