segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Coragem ou proximidade do Congresso do PS?

«No PS, há falta de debate interno e (...)"autoritarismo da actual liderança". "Tornou-se autocrata, distribuindo lugares e privilégios, ultrapassando até o "centralismo democrático" de Lenine. Alimentando promiscuidades que recuso"

"O PS hipotecou o seu papel na sociedade portuguesa e deixou-nos sem perspectivas de um futuro melhor. Assumiu o papel que antes pertencia aos centristas do PSD, ocupou o seu espaço e tornou o país mais pobre, política e economicamente"»

Ana Benavente é ex-dirigente do PS, e foi secretária de Estado da Educação de António Guterres. Entre muitas outras publicações, foi co-autora, na década de 90, de um estudo exaustivo sobre literacia em Portugal.

Para ler no «Público»

3 comentários:

  1. Ó Sócrates está a criar um deserto à volta dele.

    ResponderEliminar
  2. proximidade do congresso (2 votos).

    ResponderEliminar