Spam

A caixa de spam do meu e-mail está outra vez a negrito. Enquanto clico no botão para eliminar as mensagens e remetê-las para o lixo, os meus olhos ainda enviam alguma informação para o cérebro, que ele faz o favor de processar.


….14 de Fevereiro…. Delete? Ok.

….Xanax… Delete? Ok.

Desculpem, mas não é coincidência. Para aguentar o fingimento do primeiro, só com doses preventivas do segundo. É que não há pachorra!

Aí vêm os ursinhos de peluche (encarnados e brancos) e as almofadas em forma de coração (encarnadas), e as caixas de bombons com muitos laços (encarnados) e umas amostras de chocolate lá dentro, e toda uma colecção de outras inutilidades (encarnadas) para assinalar este dia.

E o resto do ano? Desgostamos de quem amamos neste dia? Agredimos aqueles a quem fazemos festas nesta data? Insultamos os mesmos a quem agora dedicamos os poemas? Exigimos a mesa posta e a comida no prato daqueles a quem levamos a jantar fora nesta noite?

Há 365 dias no ano. Não gastem os afectos todos neste. Não esbanjem as poupanças em prendas caras que não apagam a ausência dos outros dias. Não sejam tolos, isto é só um golpe publicitário, nada mais… e ainda por cima, é tudo encarnado!

Comentários

  1. lolololol
    minha querida, uma vez mais disseste de forma magistral o que eu própria sinto. Será isto uma questão etária? beijinhos. Ainda bem que estás melhor? (acho que ainda não tínhamos usado o "tu" mas... podemos? :-) )

    ResponderEliminar
  2. Deve ser, deve. Sim, estou melhor, e claro que sim... devemos. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Daniel, hoje passa porque, enfim... tiveram uma alegriazita e tal... mas não te estiques, não abuses.
    O meu blogger não tem sapos com caretas, já vou lá deixar um no 2711.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário