Um país em regressão.

IC1 e EN125 a abarrotar de carros. Como eu, milhares de outros portugueses ignoraram as auto-estradas pagas a preços de Troika. Não fosse ter os meus filhos em plena adolescência comigo no carro e juraria ter recuado 20 anos no tempo, quando sonhávamos com a conclusão da Via do Infante e com a A2 até ao Algarve.

O que fizeram estes governantes com o país? Gastaram como quiseram os milhões europeus, que agora temos de pagar a um preço insuportável e o resultado é este. Um país cheio de alcatrão vazio e estradas sem condições entupidas de gente. Tanta modernidade, tanto progresso, tanta estupidez.


Comentários

  1. Os preços que cobram säo obscenos! Nāo haverá um mínimo de inteligência entre os membros dessa quadrilha que os ilumine? Com outros preços muito mais gente lucraria!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toda a gente lucraria... Com impostos mais baixos sobre o consumo mais gente compraria, mais produção seria necessária, mais empregos, mais dinheiro a circular, mais crescimento, melhores salários, mais consumo e por aí fora. Parece que só assistiram às aulas de Economia onde se falou de retracção. Faltaram no semestre em que se falou de desenvolvimento.

      Eliminar

Enviar um comentário