terça-feira, 31 de maio de 2011

Militantes, ou a falta deles



Copiado do post do meu colega João António, no blogue Em 2711. Vale a pena passar por lá para ler o texto todo.
          

1 comentário:

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...