terça-feira, 24 de maio de 2011

"Podemos mexer no futuro"

Gosto disto. Nem me importo se não ganhar nada, desde que veja raça, esforço, empenho, orgulho na camisola e brio profissional. Pela primeira vez desde Paulo Bento, vejo alguém com vontade de trabalhar. Vai ser uma boa época e vai voltar a ser muito bom ouvir os relatos dos jogos.

Quando é o jogo de apresentação?

            
                 

5 comentários:

  1. Eu jogo todas as semanas no Euromilhões... também quero mexer no futuro!!! Ehehehehehe...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Pois, essa parte de não ganhar nada já está garantida. Bjnhos.

    ResponderEliminar
  3. Vamos ver se a conversa não muda.
    Habituei-me a ver o sporting, como um cemitério de treinadores. Mas pela suas palavras deduzo, que se algo falhar não é pelo Domingos. E eu acredito que não será mesmo. Domingos é um treinador jovem, com ambição e competente. Boa sorte ao Domingos e que o Sporting para o ano vença a Liga Europa.

    ResponderEliminar
  4. Parece-me que compreendeu bem. Se a época falhar, não creio que seja pelo Domingos, mas sim por todos aqueles que são tão importantes que nunca podem ser contrariados, pelos mesmos que conduziram à saída de Paulo Bento, com a qual nunca concordei.

    Cemitério de treinadores não diria. É certo que não temos a máquina oleada do FCP, mas há sítios piores... Voltanto a Paulo Bento, era treinador das camadas jovens e tornou-se seleccionador nacional na sequência da sua passagem pelo Sporting. Foi mal tratado pelos Sportinguistas? Sim, sem dúvida, mas enterrado não.

    ResponderEliminar

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...