segunda-feira, 9 de maio de 2011

A próxima etapa...

...é um Curso online sobre Alfabetização Informal nas Bibliotecas Públicas, promovido pelo Ministerio da Cultura de Espanha e pela Fundación Germán Sánchez Ruipérez. Em português podia ser que corresse bem, pero en castellano...

Ainda por cima, acham que o meu apelido de família é Charraz. É que - para quem não sabe - nos países de língua espanhola, o apelido do pai é o penúltimo, seguido do apelido da mãe. É por essa razão que os autores castelhanos estão arrumados alfabeticamente nas bibliotecas (e na Feira do Livro de Moura) pelo nome do meio, considerado o apelido de família, e não pelo último.

Já agora, cortesia do Google tradutor: Bienvenidos al azúcar morena!
            

1 comentário:

  1. José Francisco10/05/11, 09:37

    Também podes utilizar "Azúcar amarillo" ou "Monosacárido marrón" (monossacarideo mascavado), se fosse na catalunha seria "Groc sucre". Já os Finlândeses quando querem saber alguma coisa de Portugal pesquisam em "Fariinisokeri".

    ResponderEliminar