A indústria milionária das micoses

Não, não se enganaram. Estou mesmo a falar de micoses, aquelas coisas desagradáveis à vista e não só. Nunca me tinha apercebido, mas deve haver uma multidão de micoses a minar portugueses, especialmente nos pés, convenientemente escondidas noutros tantos sapatinhos.

Presumo também que os medicamentos devem ser caros, ou ter uma elevada percentagem de lucro. Só isso explica o número de anúncios publicitários a produtos para tratamento das micoses que passam diariamente na televisão portuguesa. Da próxima vez que ficarem em casa, em dia de semana, liguem a TV num dos canais portugueses (a 2 não vale) e façam-lhes as contas. Cada marca passa aí umas 25 a 30 vezes em cada um dos canais, às vezes com poucos segundos de intervalo.

Os anúncios são visualmente bastante explícitos, cheios de unhas podres e coisas do género. Um grupo de almas mais sensíveis até já criou um movimento no facebook, contra as imagens de micoses em anúncios.  Ainda não valeu de nada, porque eles "andem" aí, com particular insistência na hora do almoço. Deve ser para ajudar a população portuguesa a perder o apetite.

Pronto, e agora desculpem lá qualquer coisinha, mas o que querem, esta é mesmo uma daquelas coisas que me fazem comichão na sola dos pés. Será essa a intenção?
 

Comentários