terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Querido diário

O dr. Mário Soares já saiu do hospital, mas ninguém esclarece a que horas tem de tomar a medicação, o que é preocupante. A ministra Cristas continua grávida, o que é um fenómeno raro. O primeiro-ministro mostra-se cada vez mais coerente e foi novamente apanhado a mentir (depois de ter andado um ano e meio a dizer que não ia pedir prolongamento do prazo do empréstimo da troika, eis que o vice Gaspar veio anunciar precisamente o contrário).

Como vês, querido diário, nada de novo. A não ser o utilizador que estava ao computador, se deixou dormir e bateu com a cara em cima do teclado.
 

1 comentário: