sábado, 17 de dezembro de 2011

AR-te



Segundo Américo Rodrigues, director artístico do Teatro Municipal da Guarda, o ar da cidade mais alta do país será vendido durante a quadra natalícia em frascos de vidro e disponibilizado ao público "em doses individuais", a cinco euros a unidade. O "ar puro da Guarda" torna-se assim também num "objecto artístico" que apresenta a aragem como "marca e imagem da cidade", explicou o responsável, salientando que o produto "exclusivo para exportação" inclui ainda "aroma de queijo da Serra da Estrela, essência de morcela e fragrância de giesta".
Arte no seu estado mais puro. Cada um toca o que sabe. 5 euros por um frasco cheio de... ar! Abre-se o frasco e o que fica? Uma mão cheia de nada, outra de coisa nenhuma.

1 comentário:

  1. Excelente para o nosso coelho negociar com os alemães, vigarice por vigarice, se ficarem a dever os juros podem ser inferiores a 30% mas não muito.

    ResponderEliminar

Estrela da manhã

Numa qualquer manhã, um qualquer ser, vindo de qualquer pai, acorda e vai. Vai. Como se cumprisse um dever. Nas incógnitas mãos tran...