Ricos, pobres e assim-assim

Esta mania de ter sempre a televisão ligada enquanto estou em casa, também tem vantagens. Esta manhã na SIC Notícias, o jornalista Aurélio Faria destacou alguns websites muito interessantes. Por exemplo:

No site da BBC, está disponível uma ferramenta que descreve a rede de dívidas entre vários países. Fiquei a saber que cada português (incluindo os honestos, os que têm desviado dinheiro do BPN, das obras públicas  e de outras maravilhas só possíveis na história recente da democracia portuguesa, e até o meu recém-nascido "sobrinho" Diogo) deve 38 081 € ao estrangeiro.



Não desesperem, porque afinal ainda somos dos mais ricos do mundo. Aqui podem verificar a vossa posição no ranking das pessoas mais ricas (ou mais pobres) do mundo. Eu, tão pobre que ainda recebo abono de família dos meus filhos, estou afinal entre os 3,47 % mais ricos do planeta. Na verdade, só existem 208 399 999 pessoas mais ricas do que eu no mundo inteiro (o que deve incluir os tais senhores do BPN e associados).

Deve ser por isso que os senhores da Segurança Social me escrevem... de certeza já tinham visto isto!


                     

Comentários

  1. É legítimo aspirarmos a mais, mas temos imensa gente a viver pior que nós!
    E aí é que reside o problema do mundo.

    ResponderEliminar
  2. Nem devemos sentir-nos culpados por gostarmos das coisas boas da vida. Se elas existem, todos deveríamos ter direito a desfrutar delas...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário