terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Este país não é para gente séria



O espetáculo pirotécnico da passagem de ano 2011-2012 foi adjudicado ao segundo classificado no concurso público, à empresa Pyrotel, pelo valor de 845 625 euros. A proposta mais barata foi eliminada e pretende recorrer ao tribunal administrativo por considerar que houve "falta de imparcialidade do júri".


O valor do programa turístico será suportado quase integralmente pelo orçamento do próximo ano, já que 17 mil euros entram no orçamento de 2011, e o restante (837.523 euros) vai para 2012.


Deste modo, o orçamento regional de 2012, que ainda aguarda o ainda não proposto plano de ajustamento financeiro, terá de pagar uma fatura de mais de 3 milhões de euros pelas iluminações e pelo fogo-de-artifício do ano anterior. O orçamento da Madeira para 2011 previa uma verba de 5,75 milhões para a festa do fim do ano.  


O governo da região autónoma da Madeira terá procedido de igual modo no que diz respeito à iluminação natalícia: do custo total de 2,29 milhões, incluiu 114 mil euros no orçamento deste ano e remeteu os restantes 2,17 milhões para 2012 e foi adjudicada à mesma empresa que ganha o concurso desde 1996 e que pertence a um ex-deputado do PSD.

Não fui eu que escrevi, não tenho assim tanta imaginação. Aparentemente, é mesmo verdade e foi retirado daqui.
               

1 comentário: