Aparentemente, estou lixada

Primeiro achei que a notícia era absurda. A mim ninguém me perguntou nada. Quem é que escolheu os indivíduos para a amostra? Eu gosto muito de ser mulher e ter filhos, sou ideologicamente de esquerda e adoro trabalhar, especialmente considerando que o meu trabalho é ser bibliotecária.

Porém numa segunda leitura,  fiquei preocupada com um parágrafo.  À pergunta "Estas conclusões poderão influenciar, a partir de agora, a escolha dos empresários na hora da contratação?", um dos investigadores respondeu que “não estão à espera de nenhuma aplicação prática de imediato”, mas “a médio e longo prazo pode levar as empresas a adaptar os seus horários de trabalho às especificidades das pessoas”. Não se iludam. O que isto quer dizer é que mulheres com filhos e ideologicamente de esquerda poderão tornar-se, caso este estudo venha a ser levado a sério, um alvo a abater. Decididamente, estou lixada.
         

Comentários

  1. Olha, no meio desta palhaçada retive uma frase curiosa:

    “À esquerda, as pessoas estão associadas a ideais como a igualdade, protecção dos direitos dos trabalhadores, enquanto que à direita ao individualismo, ao capitalismo e à concorrência”

    Foi um investigador que o disse...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um perigo, já viste? Do que essa gentalha de esquerda é capaz, francamente... Igualdade, que medo!

      Eliminar
  2. Mas o Governo está certíssimo.
    Eles são competentíssimos...
    Burros são são quem os escolheu a eles e aos anteriores que só são diferentes na Oposição.

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário