quarta-feira, 27 de junho de 2012

Tudo ou nada


Logo à noite, durante 2 horas, vou fingir que estou a fazer qualquer coisa para enganar os nervos enquanto Portugal joga.

Sou um caso perdido para os intelectuais de serviço. Uma bibliotecária a gostar de futebol, francamente! Como é que este país não havia de chegar a este ponto. A culpa não é dos políticos, nem dos que ficam em casa sem votar, nem dos corruptos... é apenas e só dos que perdem tempo a ver futebol.

1 comentário:

  1. Não admira uma mulher da cultura gostar de futebol. É Sportinguista.
    Francisco Manta

    ResponderEliminar