É pena é por cá estares tão mal visto...

O primeiro ministro considerou hoje que a eleição de Portugal para o Conselho de Segurança da ONU é um momento de "afirmação e êxito" para a diplomacia portuguesa, inserindo-se num "ciclo de reforço" da sua influência no plano internacional.
(Agência Lusa)

Comentários