Habemus Nobel



O Prémio Nobel da Literatura foi hoje atribuído a Tomas Tranströmer, poeta sueco de 80 anos.

No meio da vida acontece que a morte surge e mede o homem. A visita é esquecida e a vida continua. Mas o facto está feito, silenciosamente.      
                 

Comentários

  1. Mt bom:) publiquei um poema dele no meu blogue com tradução inédita.

    ResponderEliminar
  2. Já fui ver. Esse e todos os outros :)

    ResponderEliminar
  3. Nunca tinha ouvido falar dele, nem tinha lido nada dele!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário