segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Opções de gestão

CTT gastam 10,5 milhões com dispensa de mais de 100 pessoas

A somar aos cerca de 500 euros mensais que pagam às empresas ou instituições que ficam a assegurar os serviços de correios nas localidades onde os postos de CTT estão a ser encerrados, expliquem-me lá onde é que está a poupança? Onde é que está a inteligência da medida? Onde é que há aqui algum tipo de estratégia ou de contributo para o desenvolvimento do país?

É ou não é a prova de que quem decide, o faz a seu bel-prazer, ignorando as necessidades das populações, desprezando a vida daqueles que para eles trabalham, contribuindo para a destruição do país?

Realmente, que mais resta senão emigrar?
             

Sem comentários:

Enviar um comentário