O lado bom da crise portuguesa

Tudo tem um lado bom. No caso das recentes políticas governativas que ameaçam conduzir o país a um estado muito próximo do coma, há pelo menos uma coisa boa: o reaparecimento em público de João Proença, secretário-geral da UGT.

Folgo em vê-lo assim, homem, activo, de boa saúde, reivindicativo... Até pensava que já se tinha reformado. Há pr'ai uns seis anos que não lhe punha a vista em cima, mas agora todos os dias aparece nos telejornais. Fico contente por si!

Comentários

  1. Continuo sem ver o lado bom da crise... Mas é importante que as duas centrais sindicais unam esforços para tentar equilibrar a balança que, nesta altura, está completamente desiquilibrada para os trabalhadores.

    ResponderEliminar
  2. Comentário da semana. Eu já calculava ;)

    Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Foi com a tua ajuda! Beijinhos :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário