Horas extra

Graças à persistência da RTP, já vi (visualizei, como se diz agora) muito mais páginas do novo livro de José Rodrigues dos Santos do que aquelas que pretendia. Para o catalogar chegava-me a página de rosto.

Só há uma coisa que me preocupa. Com tanta entrevista no mesmo dia, como é que ele conseguiu escrever as 10 páginas que tinha agendadas para ontem? Vai ter de fazer trabalho extraordinário...

Comentários

  1. campista selvagem.23/10/11, 21:58

    Ainda não li nada do livro, estou um pouco corioso, mas já estou com a pulga atráz da orelha, porquê tanta poblicidade.
    Com Caim do Saramago foi um role de criticas, quase se sentia um terramoto, e agora em uma ventania, se o facto era para esconder as estupidas medidas do governo falhou.

    ResponderEliminar
  2. Não consigo dar o beneficio da dúvida a este autor-jornalista. A minha opinião pode ser tendenciosa mas sempre achei que este género de livros servem, essencialmente, para facturar, aproveitando a onda Dan Brown.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário