quarta-feira, 11 de novembro de 2009

E contra ele, já há vacina?


15 comentários:

  1. De certeza que a vacina o vai rejeitar.
    Esta semana até é a Semana Internacional da Ciência e da Paz, era bom que a ciência descobrisse uma formula mágica para o fazer desaparecer e assim talvez tivessemos paz.

    Reparem no ar de satisfação da enfermeira por o ir picado. Deve estar a pensar "Esta vai ser até ao tutano palhaço".

    José Francisco

    ResponderEliminar
  2. Vocês são mesmo violentos. O homem não teve mais votos ? o povo não escolheu ? Tenham calma. Quem é que queriam no lugar dele ? O Jerónimo ? A tia Manela ? Porra.

    ResponderEliminar
  3. Resposta ao anónimo das 17:39

    Preferia alguém com um curso tirado a um dia de semana e numa universidade que não tivesse sido mandada fechar ...

    tss tsss

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  4. À ZP Açuar Amarelo ...

    Vá preparando a reforma antecipada, pois com estes posts, quando a câmara mudar, certamente terá um uma secretária com uma cadeira no arquivo da Etar de Moura ...


    tss tsss

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  5. É verdade, caro Lixo Tóxico. Não tenho dúvidas que já estou numa lista negra qualquer, há algum tempo. Mas foi precisamente essa mentalidade que me afastou do partido que apoiei quase toda a vida. Olho, olho, e não reconheço nada do que me motivou. Também já não vejo lá muita gente, como por exemplo históricos do Partido Socialista. E não é só em Moura, é no país, porque este líder tem muito pouco de socialista, parece-me que isso já é consensual. Mas pelos vistos, é o que a maioria dos portugueses prefere, e eu só tenho de aceitar "com tranquilidade" a decisão da maioria.

    Se me conhece, sabe que tenho por hábito assumir as minhas escolhas. Muitas vezes faço-o com algum medo, porque sei as consequências que essa atitude me pode trazer, mas foi assim que os meus pais me educaram, não posso agir de outra forma.

    Se isso acontecer, e inevitavelmente acontecerá um dia, porque felizmente vivemos em democracia, a população de Moura cá estará para testemunhar o tratamento que me for concedido.

    De qualquer forma, deixe-me dizer-lhe que neste exacto momento tenho o privilégio de ter recebido dois convites de trabalho, um numa Câmara Municipal e outro numa empresa privada. Talvez não seja preciso incomodar as minhas colegas do serviço de Património com a transferência de uma secretária e uma cadeira para a ETAR.

    Aproveito ainda para esclarecer que detesto profundamente este senhor porque sou funcionária pública, e como tal, fui ofendida, humilhada e enxovalhada perante a opinião pública, gravemente prejudicada na progressão na carreira, com consequências muito sérias a nível de rendimento financeiro, o que, para quem tem de criar 3 filhos, é muito grave.

    ResponderEliminar
  6. Hoje estive a dar uma volta pelos 15 ou 16 blogs que tenho nos "favoritos", após uma analise mais aprofundada constatei que o tema da política é uma espécie de acelerador de comentários. Basta uma foto acompanhada de meia dúzia de palavras para aparecerem logo aqueles nicknames esquisitos a tentar transmitir um ar revolucionário que depois nas entrelinhas do discurso acaba por transmitir uma certa frustração, isto falando de um modo geral, claro!!

    Talvez um dos problemas do nosso país seja haver politicos a mais, tanto na Assembleia da República como a comentar os Blogs.

    Uns com os tais nicknames, outros no anonimato e outros identificados, muitas vezes acabam por fazer nos blogs aquilo que se calhar não fazem nas campanhas políticas e consequentemente no dia próprio das eleições. Será que é isto a tal liberdade/democracia que tanto se fala no 25º dia, do 4º mês do ano?
    Em resumo, eles não sabem ser politicos e nós não sabemos ser cidadãos, quando assim deixar de ser passaremos a comentar mais os blogs de humor...

    ResponderEliminar
  7. Com alguma sorte, o virus vai-se manifestar...

    ResponderEliminar
  8. ao Harley
    Partilho a tua opinião.

    Desde há longo tempo que vou seguindo o PDMoura e é sempre para mim uma fonte de boa disposição ... mesmo para os dias dificeis ... (Pagamento Especial por Conta, IES, Derrama, etc etc).

    Dificilemente consigo comentar os vossos posts porque no meio do vosso humor, qualquer comentário meu seria tipo açorda sem alhos ...

    Ao Harley e resto da equipa, não parem ... votos de Bom Trabalho.

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  9. À ZP Açucar Amarelo

    ... a sua desgraça não vai ser por causa dessas suas opções políticas e profissionais ...

    ... a sua desgraça será por causa dessa sua obcessão doentia, mórbida e deveras alarmante pelo verde ...

    tss tsss

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  10. Engana-se. A seguir à minha família e ao facto de ser bibliotecária, o meu maior orgulho é ser sportinguista.

    Trouxe-me muitas alegrias, muitas horas bem passadas junto dessa outra família (os sportinguistas) e muita tolerância e respeito pelos que ganham quando nós perdemos. Se calhar é essa lição que me dá a capacidade de nunca desistir, arrumar as coisas a seguir a uma derrota e recomeçar tudo outra vez. Como o Sporting está a fazer.

    Não precisa de me tratar por ZP. Não gosto de Zélia, mas é o meu nome, e Parreira, que é bonito, é um grande orgulho.

    ResponderEliminar
  11. Já agora, não me diga que além de tóxico, é encarnado? Ou é por causa disso que é tóxico?

    ResponderEliminar
  12. Se fosse uma Auxiliar Administrativa ou uma Auxiliar de Serviços Gerais compreenderia a sua situação, embora não saiba qual é o seu vencimento, mas reportando-me aos índices salariais de uma técnica superiora, associados aos anos de serviço, certamente dão para criar três filhos...
    Vamos ser honestos…

    ResponderEliminar
  13. Então provavelmente não devia falar do que não sabe...

    Vou apenas dar-lhe uma dica:
    Antes da nova legislação, estava na terceira categoria da minha carreira, que comportava cinco categorias, ous eja, a meio da carreira.

    Agora, com a alteração, e após todos os anos de serviço, tal como refere, estou na posição 4, de entre 14 possíveis. Ou seja, se for classificada sempre com o nível Bom, preciso de mais 100 anos para chegar ao topo da carreira.

    É giro, não é?

    Mas concordo consigo. Se eu me queixo, não sei como conseguem sobreviver as pessoas com salários inferiores a 500 euros, e há tantas, tantas...

    ResponderEliminar
  14. Caro anónimo

    Não publico o seu comentário porque acho que ultrapassa os limites do respeito pela minha vida privada.

    Mais uma vez, enganou-se. Das duas, uma: ou não me conhece mesmo ou está a tentar fazer aquilo que nega no seu comentário.

    Como diz, este espaço é meu, serve para desabafar, registar episódios dignos de nota, temas que de alguma forma me marcam.

    Aparentemente, também falo aqui da minha vida privada, mas acredite, há assuntos dos quais nunca falarei aqui, nem em qualquer outro espaço acessível a pessoas estranhas.

    ResponderEliminar