sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Frango de fricassé

1 frango cortado em bocados pequenos
Azeite e manteiga
Alho
Sal e pimenta
Vinho branco
1 gema de ovo
Sumo de limão
Coentros

Põe-se um pouco de azeite e de manteiga numa frigideira. Deita-se o alho picado muito fininho. Junta-se o frango cortado em bocados, tempera-se de sal e pimenta e deixa-se fritar mexendo de vez em quando. Convém estar tapado, para não deixar evaporar o caldo da carne.

Quando estiver frito, deita-se um pouco de vinho branco, apenas se o frango estiver seco.

Bate-se muito bem a gema, e mistura-se com sumo de limão. Para a gema não talhar quando se vai juntar ao frango, é conveniente retirar uma ou duas colheres do molho que se formou na frigideira e misturá-la com a gema cá fora.

Deita-se em seguida este preparado sobre o frango, em lume não muito forte. Mexe-se sempre até ter a consistência cremosa.

Antes de servir, espalham-se alguns coentros muito picadinhos sobre o frango.

Bom fim de semana!

5 comentários:

  1. Agora é que eu vou aprender a cozinhar...



    Célia Almeida

    ResponderEliminar
  2. Teria alguma graça se só publicasse receitas onde o açucar amarelo era o denominador comum ...

    Bom fim de semana

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  3. podias fazer o fricassé e convidavas a Marta, a Marta convidava o Manta, que depois o Manta convidava o Liberato, que depois o Liberato convidava a Alice
    mas o Pedro já tinha convidado o João que o joão convidou o Jé Eduardo,
    eu levo o vinho, claro um bom vinho
    mas tanta gente não pode ser só um frango
    bom apetite

    ResponderEliminar
  4. É bem bom este pitéu, já tive oportunidade de comer esta iguaria feito pela Drª Zélia, é é, posso afirmar, de comer e chorar por mais, por dois motivos: pela sua excelente companhia e pelo pitéu.
    O que é que esta senhora não sabe fazer? que eu saiba, só cantar e dançar.

    ResponderEliminar
  5. Respostas:

    Célia: Não perdes uma!

    Lixo Tóxico: Na verdade, não costumo utilizar o açúcar amarelo para cozinhar, só quando o branco se acaba.

    Liberato: Não é preciso tantas voltas, combinamos já aí o jantar e estão convidados directamente.

    Anónimo: Esqueceste-te que também não sei desenhar. E depois falamos.

    ResponderEliminar