sexta-feira, 19 de agosto de 2011

O mito de Ícaro


Sílvia Ramos, líder do CDS-PP em Beja, demitiu-se de todas as responsabilidades políticas no distrito na sequência de uma investigação que envolve uma empresa da qual é responsável num caso de burla.
A notícia, avançada pela SIC, revela que vários pequenos empresários em todo o país acusam de burla Pedro Xavier Pereira, através da empresa Megafinance.No Alentejo, a Megafinance terá sido divulgada em encontros do CDS-PP, em Vila Nova de São Bento, no distrito de Beja. Já em Évora, durante a campanha eleitoral, o candidato do partido visitou a panificadora administrada pelo presidente da Megafinance e da qual Sílvia Ramos é gerente. A responsável é apresentada como o 'braço' da Megafinance na panificadora, e admite ter aconselhado os serviços da consultora a dois empresários. Esta não é a primeira vez que Sílvia Ramos se vê envolvida em polémica. Pouco tempo após a vitória do PSD e da coligação com os populares para formar Governo, a presidente da distrital de Beja afirmava numa entrevista, dirigindo-se aos militantes, que era "o momento de se correr atrás de lugares".
Aqui.

1 comentário: