quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Sábado


Somos piegas porque fomos e somos injustamente roubados dos frutos do nosso trabalho, do direito a ter sequer um trabalho que nos permita sustentar as nossas famílias e educar os nossos filhos.

Os portugueses têm o direito e o dever de poder investir e trabalhar para ajudar a construir o seu país e não podem assistir impávidos e serenos à destruição do que ainda existe.

Os portugueses têm de ser tratados com respeito e chamados a contribuir com o seu trabalho para o desenvolvimento do país. Não podem aceitar que quem os chama apenas para pagar facturas ainda se dê ao luxo de lhes chamar... piegas.

2 comentários:

  1. Piegas? Um povo que não se revolta contra este ataque criminosos ao seu bolso não é bem piegas que lhe podemos chamar.

    ResponderEliminar
  2. Piegas é a forma subserviente como os nossos governantes engraxam os sapatos aos manda-chuva da Europa... que deprimente. Depois assaltam-me sentimentos contraditórios. A maioria dos portugueses continuam impávidos e serenos, à espera de acordar do pesadelo mas sem sair da zona cinzenta que é sempre a mais cómoda. É mais confortável ficar em casa? Então não é!! Mas desses já nem apetece escutar as pieguices. São coniventes com a situação e aceitam sem reservas tudo o que se lhes impõe. Eu também acho que isso tem outro nome.
    Aos milhares que estarão amanhã em Lisboa a lutar por um Portugal melhor e mais justo a minha gratidão. É com estes que o mundo sempre tem evoluído.

    ResponderEliminar