terça-feira, 9 de novembro de 2010

Até ele vê o ridículo...

“O que não faz sentido é fazer um acordo e agora estar sempre em desacordo."
Pedro Santana Lopes, ontem à noite.
            

Sem comentários:

Enviar um comentário