Que vergonha, que vergonha, que vergonha!

Um cidadão inglês viajou para Portugal e deslocou-se na região do Porto num carro alugado. Cumpridor, quis pagar a portagem na ex-SCUT onde passou. Mas foi impossível. É imprescindível ler a reportagem, para percebermos o que esta imensa balbúrdia está a fazer à imagem do país.

Sempre gostava de saber a que percentagem das receitas das ex-SCUT correspondem os custos das campanhas de promoção turística no exterior, incluindo aquela anedota do Allgarve.
                     

Comentários

  1. Vocês já têm portagem na SCUT que liga Moura a Beja?

    ResponderEliminar
  2. Que gracinha... nos caminhos pedonais não há portagens. Ainda.

    ResponderEliminar
  3. nenhuma percentagem. A Receita aqui no Norte é toda para a Mota-Engil.

    ResponderEliminar
  4. Fernando Pinto16/11/10, 22:31

    Não temos portagens nos caminhos pedonais mas temos portagens para as pessoas do sul quando se deslocam a Lisboa. Sim, a vergonha que è e a revolta que eu sinto quando passo na ponte 25 de Abril ou na Vasco de Gama. Doi. O que seria se se tivesse que pagar em qualquer outra ponte neste País como no Porto, Figeura da Foz, Portimão...

    ResponderEliminar
  5. Se eu disser aqui aos "artistas" da ponte 25 de Abril que sou estrangeiro, eles me deixam passar de borla todos os dias ?
    Poupava umas massas valentes !

    ResponderEliminar

Enviar um comentário