terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Tenham vergonha

Que país é este? Que pessoas são estas, que se apresentam como candidatos a Presidente da República do meu país? O que ganhámos com esta campanha?

Permanentemente preocupados em esticar a manta para que nenhum podre fique de fora, enquando tentam desesperadamente vasculhar no lixo dos outros para os atacarem com a podridão mais mal-cheirosa que encontrarem.

Isto é campanha eleitoral? Desculpem, estava enganada. Pensava que se chamava isso a um período de esclarecimento, de apresentação de propostas, de diálogo aberto e limpo. Do candidato/presidente esperava que aproveitasse também para prestar contas do trabalho efectuado e que se dispensasse de promessas ridículas de "desta vez serei...", "desta vez farei..."

Tenham vergonha. Mandem para casa todos esses estrategas pagos a peso de ouro que vos enchem a cabeça de ilusões e apresentem-se, na vossa condição de Homens, cara limpa e mãos abertas. Se não o puderem fazer, vão-se também embora, não nos fazem falta.
                          

1 comentário:

  1. A mim parece-me que a campanha está ser perfeita, os candidatos mostram a todos os portugueses aquilo que realmente são e o que podem dar a todos nós, ficamos a saber o carácter dos candidatos. Pior é quando os candidatos iludem as pessoas com conversas bonitas e promessas de mundos e fundos e depois vamos ver na prática pouco ou nada aparece. Não vale a pena falar em nomes Primeiros Ministros, Presidentes da República e nem em Presidentes de Câmara, a política resume-se a fome de poder, ganância do dinheiro e hipócrisia descarada. E com tudo isto acabamos por dizer que "enquanto o mar vai e vem, quem se lixa é o mexilhão".

    ResponderEliminar