terça-feira, 19 de abril de 2011

Aura solar

Deu-lhe a volta, dizem.

À difícil situação de um concelho do Alentejo profundo, na margem esquerda do Guadiana, onde as ligações viárias são difíceis, os recursos humanos qualificados escassos e a base económica havia sido fixada há séculos e há séculos não mudava.

Reportagem sobre o concelho de Moura para ler na Visão

2 comentários:

  1. Gostei de saber do exemplo do PCMM Senhor José Maria Pós-de-Mina, sendo comunista difere da maioria, tem visão, sabe administrar, doa sua competência para o desenvolvimento da comunidade Mourense. Agora entendo o excelente trabalho que é feito na cultura, em especial na BMM. Parabéns ao povo de Moura, são a exceção da regra neste momento tão difícil. Exemplos assim devem ser mais divulgados.
    “E tudo leva a crer que pode dar certo”. Não. Com pessoas competentes tudo dá certo.
    Carlos - RJ

    ResponderEliminar
  2. Não há gente qualificada????

    ResponderEliminar