quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

E pensar que durante séculos quiseram fazer dela a Capital do Reino de Portugal...



Na apresentação de mais um estudo sobre o impacto do projecto de alta velocidade no sector do turismo, o ministro das Obras Públicas reiterou que Portugal pode vir a beneficiar «bastante» com o TGV, sublinhando que Lisboa pode mesmo «transformar-se na praia de Madrid».

Este é o mais recente argumento para o investimento de milhões de euros absolutamente indispensáveis para o desenvolvimento interno do país no megalómano projecto do TGV, defendido hoje pelo Ministro António Mendonça, que conseguiu terminar a frase sem se desmanchar a rir. Aliás, até sugeriu a prática de um desporto novo, o surf. Será para praticar no Mar da Palha?

Alegadamente, em 2015, dois anos depois do TGV, teremos 12 milhões e meio de espanhóis a tomarem banho no Tejo (o ministro não deve saber que eles também têm praias) e em 2030, devem ultrapassar largamente os 13 milhões.

Não percebo, em dois anos vamos atrair 12,5 milhões, mas nos 15 anos seguintes só conseguimos convencer meio milhão?

Ai, ai... Mário Lino, volta que estás perdoado!

2 comentários:

  1. O AVE (Alta Velocidade Espanhola) custa de Madrid a Barcelona, que será ligeiramente menos distante que de Lisboa a Madrid, 113,90 Euros, só ida por pessoa, classe turística (a mais barata) e leva sensivelmente quase 3 horas.
    Marido, mulher e dois filhos que queiram vir dar um mergulhinho a Lisboa (onde, logo se vê) pagariam por ida e volta 911,20 Euros ...
    Zélia, ou tu não ouviste bem o ministro e já não estás bem da cabeça e inventaste isso, ou eu já leio coisas que não estão escritas e também já não estarei bem da cabeça ou então como diria o Alberto João Jardim ... "então mas está tudo bêbado ou quê" ???

    ... desafio aqueles que gostam de contas para calcularem o preço de uma viagem de TGV (aos preços do AVE)de Lisboa a Paris ou a Bruxelas ...
    ... resumindo, que tenham legalizado o casamento gay, tudo bem, mas que não nos queiram sodomizar a todos descarademente ...

    tss tsss
    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  2. Caro LT

    Infelizmente, é mesmo verdade. Está ali o link de onde tirei a informação. Aqui na barra lateral estão vários blogues onde andei a passear ontem à noite, e quase todos têm um post igualmente indignado sobre o assunto. Pode confirmar.

    Enfim, é só mais uma.

    Não nos podemos esquecer da trapalhada dos Estádios do Euro 2004, que também representavam um significativo desenvolvimento para as cidades onde forma construídos (desenvolvimento da dívida das respectivas câmaras, bem entendido).

    E a transformação do Algarve em Allgarve? Um espectáculo... Passámos a ser incómodos estrangeiros num reino onde só se fala inglês.

    E aquela promoção feita dentro do nosso país, em que Portugal se assumia como a West Coast of Europe? Era para os portugueses que iam para a Costa da Caparica poderem dizer que iam de férias para a Costa da Europa.

    Como diz um amigo meu, só derrotas...

    ResponderEliminar