sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Pelos vistos, alguém lhe ofereceu uma agenda nova no Natal

Em Outubro de 2008, José Sócrates impôs democraticamente a disciplina de voto ao seu grupo parlamentar para chumbar as alterações ao Código Civil que permitiriam o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Segundo o primeiro-ministro, "o casamento de homossexuais não está na agenda política nem do Governo nem do Partido Socialista." A bancada socialista, obediente, cumpriu a ordem, votando contra. Apenas Manuel Alegre foi excepção.

Hoje, José Sócrates voltou a impor a disciplina de voto ao seu grupo parlamentar, mas desta vez em sentido contrário, possibilitando as alterações ao Código Civil que há apenas 15 meses considerava descabidas.

8 comentários:

  1. ... oh menina ... importa-se de falar dos 75 anos do Elvis e deixar-se dessas conversas sobre panisgas e fanchonas ???? ou não gosta do Elvis???

    LT

    ResponderEliminar
  2. Olha, olha...o LT voltou das férias. Esteve na neve? Regalias de patrões :)
    Não se incomode tanto com esses campestres (palavra sua) que isso não se pega...! A M.Monroe também era desse tempo. Se começa a falar muito do Elvis ainda fico com ideias erradas a seu respeito :)!
    Estes debates estavam a ficar uma seca sem o seu 605 Forte.

    BB

    ResponderEliminar
  3. Tem de compreender, cara BB, é início do ano, é preciso arrumar as contas do ano anterior. Vida de empresário é assim... IVA, IRC, Pagamentos por conta, etc., etc.

    ResponderEliminar
  4. já agora ... porque se proíbe a poligamia em Portugal? um homem que esteja casado com duas ou mais mulheres ao mesmo tempo vai preso ... porquê? onde está a tal sociedade moderna e tolerante? ... mas se de facto queremos ser em matérias pouco dadas ao trabalho das sociedades mais evoluídas da europa, então que se legalize a poligamia, mas também a poligamia gay e lesbiana ... não acham???

    tss tsss
    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  5. Está um bocadinho desnorteado, tenha calma.

    ResponderEliminar
  6. Eu também sou a favor da poligamia, mas ao contrário... Dois homens para uma mulher, s.f.f.
    Os homens não dão conta de uma, quanto mais de duas...!

    tsss tsss (este tique pega-se)

    BB

    ResponderEliminar
  7. ... eu diria melhor BB ... há homens(?) quem nem querem dar conta ... dá-lhes ânsias ...

    tss tsss

    Lixo Tóxico

    (tenho que elevar o nível do meus comentários, senão sou banido deste blog) :))))))

    ResponderEliminar
  8. Eu já disse algures que sou a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo ( da adopção também, não da adopção destes mas sim de crianças por estes casais eheh) e defendia o nosso ministro (upss vénia) por achar que faz sentido tratar deste assunto quanto antes, uma sociedade pode evoluir em vários sentidos, em simultâneo tirar o país da miséria e financeira e cultural (ok, é piada)..mas não sabia que o nosso 1º tinha tido uma altitude contrária antes…tss tss tss (é giro sim Sr.)
    Quanto ao Elvis, também sou a favor ;) aquele movimento ´foi igualmente uma revolução cultural .

    ResponderEliminar

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...